Uma importante e prudente meditação. Realmente a nossa tendência é ficar nos culpando pelas coisas que acontecem; isto nos coloca pra baixo e vulneráveis. Creio que Deus não quer isto, mas o inimigo sim. Este quer nos ver cabisbaixo, entristecidos e inoperantes. Pelo contrário, o Senhor quer nos ver erguidos, alegres e operantes em Cristo. Que esta meditação sirva para refletirmos em como agiremos daqui pra frente, ou seja, de acordo com a vontade de Deus, atentos aos detalhes de tudo o que acontece, tirando proveito, ensino e alerta para as nossas vidas. Obrigado irmão!