Alegrei-me com eles

Salmo 122.1: Três aspectos importantes do relacionamento com Deus

Alegrei-me com os que me disseram: “Vamos à casa do Senhor!”
Salmo 122.1

O autor do salmo conhecia o valor de estar na presença de Deus junto com o povo de Deus. Para estar dentro do “local”, v. 2, onde Deus edificou sua habitação, v. 3, para orar e louvar a Deus, vv. 4-9, é uma grande alegria.

O salmo faz parte da coleção dentro do livro chamada de cânticos de peregrinação. Parece que a coleção foi usada durante as viagens a Jerusalém para celebrar as festas. Os judeus cantariam no caminho. Os salmos incluíam notas de alegria, orações pelo povo e pela cidade e apelos pela ajuda de Deus na necessidade.

Hoje, Deus está no meio da sua família, a igreja. Reunimo-nos para louvar a Deus e orar uns pelos outros.

  1. O texto revela a alegria dos santos que buscam aproximar-se de Deus. Nada melhor do que estar perto de Deus.
  2. O texto reconhece que a obediência ocorre no meio da assembleia, é vivida junto com o povo de Deus. O autor se alegra com os que (…) disseram.
  3. O texto acima contém um chamado para ir nas festas, um convite de participar do povo de Deus, uma conclamação a cumprir com o dever. “Vamos!”

Estar na presença de Deus com o seu povo me dá alegria? Reúno-me com os santos com altas esperanças?

Senhor, nada me dá mais alegria do que estar na sua presença com o seu povo. Nunca me deixe perder este prazer.

Deixe uma resposta