Alegria na presença de Deus

Atos 2.28: Por que Pedro continua a citação do Salmo até aqui?

Para provar a ressurreição de Jesus e sua identidade como o Messias, Pedro cita parte do Salmo 16. No final da citação ele inclui este texto:

Tu me fizeste conhecer os caminhos da vida e me encherás de alegria na tua presença.
Atos 2.28

Pedro continua a citação do salmo até esta afirmação, mesmo não sendo o ponto que ele frisa. Por quê? Que função o verso 28 serve?

Talvez a referência à vida reforce o argumento de Pedro. Alguns veem alusão à ressurreição. A segunda parte do verso, sobre a presença de Deus, talvez se refira à ascensão de Cristo ao céu.

  • É a experiência de Davi ao passar por um perigo de morte ou ameaça ao bem-estar dele.
  • É a experiência de Jesus ao ser ressuscitado dos mortos.
  • Expressa bem, também, a nossa experiência ao entrarmos no verdadeiro Israel e em comunhão com o Senhor.

Tantas verdades permeiam este verso, sobre revelação (conhecer), prática (caminhos), essência da fé (vida), plenitude (encherás), realização (alegria) e o ambiente e propósito do discípulo de Cristo (tua presença).

Mais um verso digno de nossa memorização!

1 pensamento em “Alegria na presença de Deus”

Deixe uma resposta