A alegria de ganhar

Mateus 13.44: A pessoa não pensa no sacrifício.

Uma das menores parábolas no capítulo 13 de Mateus, que reúne várias, a do tesouro escondido nos ensina grande lição.

“O Reino dos céus é como um tesouro escondido num campo. Certo homem, tendo-o encontrado, escondeu-o de novo e, então, cheio de alegria, foi, vendeu tudo o que tinha e comprou aquele campo.
Mateus 13.44 NVI

Mateus usa a frase: “reino dos céus”, quando os outros evangelhos usam: “reino de Deus”. Como judeu escrevendo para judeus, ele respeita suas sensibilidades de evitar o nome de Deus como sinal de respeito. O reino se refere à prioridade de Deus na vida, de torná-lo soberano. A expressão atual, na terra, do reino é a igreja. Nesta, as pessoas vivem como servos de Deus, sob sua tutela e cuidados.

É esta relação com Deus que traz profunda alegria. A pessoa não pensa no sacrifício de vender tudo (e nem chama assim de sacrifício), mas sim na alegria de ter achado o propósito de vida na presença de Deus.

Este é o grande tesouro que todos podemos descobrir e adquirir.

Deixe uma resposta