Arrastados

Deus está presente no temporal.

Veja a pergunta que fazemos: Se Deus está comigo e está usando a minha vida para o reino, por que tantas coisas ruins acontecem comigo? O apóstolo Paulo sofreu muito pelo evangelho, mas nunca fez esta pergunta, mesmo quando ficaria bem apropriado a fazê-lo, como nesse momento:

Mas agora recomendo-lhes que tenham coragem, pois nenhum de vocês perderá a vida; apenas o navio será destruído. Pois ontem à noite apareceu-me um anjo do Deus a quem pertenço e a quem adoro, dizendo-me: ‘Paulo, não tenha medo. É preciso que você compareça perante César; Deus, por sua graça, deu-lhe as vidas de todos os que estão navegando com você’. Assim, tenham ânimo, senhores! Creio em Deus que acontecerá do modo como me foi dito. Devemos ser arrastados para alguma ilha”.
Atos 27. 22-26

Se o Senhor estava guiando Paulo para comparecer perante César, por que deixou acontecer o naufrágio na ilha de Malta? Por que Deus não parou a tempestade, ou desviou-a para outra direção? Por que não fez com que o centurião e o capitão do navio ficassem convencidos pelas palavras de Paulo, para ficarem onde estavam? Tudo bem, Deus salvou a vida de todos a bordo, mas por que deixou que corressem risco de vida?

Mesmo que vejamos alguns benefícios deste mal como consequências, temos de confessar que tais perguntas não têm resposta. Mas o que se pode afirmar numa situação desta, então?

Pode-se afirmar, sim, que, embora Deus deixe de interferir (aos nossos olhos) nos assuntos humanos e nas vicissitudes da vida, ele trabalha para o nosso bem e para o progresso do evangelho.

E podemos nos confortar na soberania de Deus, pois ele nunca se esquece do seu povo. Mesmo no meio das mais bravas tempestades e nos naufrágios da vida, nos quais se perde tudo menos a vida–ou até morre também, ele está presente, garantindo-nos que as coisas mais importantes sobreviverão.

Não sei o que de mal ou bem
É destinado a mim;
Se maus ou áureos dias vêm,
Até da vida o fim.

Mas eu sei em quem tenho crido,
E estou bem certo que é poderoso
Pra guardar o meu tesouro
Até o dia final.

Pai celestial, obrigado pelas suas promessas, que me servem como âncora no meio das tempestades.

Segure este pensamento: Tenha ânimo na presença do mal, pois Deus garante o bem.

3 pensamentos em “Arrastados”

  1. Deus está no controle, e sabe os planos que tem para nós, “Porque eu sei os planos que tenho para você”, diz o Senhor, “planos de fazê-los prosperar e não para prejudicá-lo, pretende dar-lhes esperança e um futuro. “Jeremias 29:11 Deus abençoe nossos irmãos em Portugal um em todo o mundo. Nós te amamos!

  2. Irmão Randal, eu creio que Deus Pai permitiu todas as situações difíceis pelas quais o apóstolo Paulo passou pra mostrar pra nós a sua fé.Paulo tinha fé e estava disposto a morrer por Jesus Cristo. E nós, cristãos do ano de 2012, será que estamos com a mesma disposição?

Deixe uma resposta