A bênção sobre si mesmo: Segurança seguindo o próprio caminho

Deuteronômio 29.19: São arrogantes os que se abençoarem na sua desobediência.

Cada um se acha a exceção à regra. A lei aplica a todos, menos eu. É esta atitude da pessoa arrogante perante os termos da aliança com Deus e o castigo prometido aos que o desobedecem.

Se alguém, cujo coração se afastou do Senhor para adorar outros deuses, ouvir as palavras deste juramento, invocar uma bênção sobre si mesmo e pensar: ‘Estarei em segurança, muito embora persista em seguir o meu próprio caminho’, trará desgraça tanto à terra irrigada quanto à terra seca.
Deuteronômio 29.19 NVI

Que arrogância abençoar a si próprio! Que arrogância desprezar a lei das consequências! Que arrogância se considerar exceção à regra!

Mas não fazemos nós a mesma coisa? Não pensamos que não vai acontecer nada conosco se abandonarmos o mandamento de Deus? Não descontamos a palavra de Deus, fazendo dele um deusinho nosso que aprovará tudo o que praticamos?

Não é somente fora do povo de Deus que ocorre isso. Moisés falava para os israelitas, os escolhidos do Senhor dentro da aliança antiga. Mesmo ouvindo suas palavras, Israel faria muitas vezes exatamente isso.

E dentro da igreja do Senhor Jesus, alguns acham que podem ignorar os mandamentos e desprezar o prometido castigo pela desobediência.

  • Acham que podem lançar mão de todo tipo de astúcia para trazer mais gente para a igreja.
  • Acham que podem adorar ao Senhor conforme suas próprias ideias e preferências.
  • Acham que podem viver na imoralidade e receber a vida eterna.
  • Acham que podem ignorar os papéis que Deus deu para homens e mulheres.

Embora usem capa de falsa humildade, são arrogantes ao se abençoarem na sua desobediência.

É o humilde que ouve e obedece a palavra de Deus. Este é que escapará da desgraça e das maldições divinas.

2 pensamentos em “A bênção sobre si mesmo: Segurança seguindo o próprio caminho”

Deixe uma resposta