A árvore na floresta

Deus quer que todos sejam salvos.

EvangelhoA frase tem várias formas, mas a ideia é de não conseguir ver o bosque por causa da árvores. Em termos do grande e abrangente plano de Deus, para Paulo, vendo uma árvore, vê-se a floresta.

Pergunto então: terá Deus rejeitado o seu povo? De maneira nenhuma! Pois também eu sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim.
Romanos 8.1 BSC

A carta aos Romanos não é nada senão uma grande declaração missionária, da mão de um enviado cuja visão inclui o mundo inteiro, vendo sempre o próximo campo a ser trabalhado.

Dentro dessa visão, o povo de Israel tem de ser considerado. A igreja se torna cada vez mais populada pelos gentios. Isso seria sinal da rejeição do povo de Israel? De forma alguma! O próprio Paulo é evidência disso. Nesse caso, uma árvore sinaliza a existência do bosque.

Nem todo Israel segundo a carne será salvo. Mas todo Israel segundo a fé será salvo. Assim, a igreja constitui o “Israel de Deus” (Gálatas 6.16), o novo povo de Deus, como traduz a New Living Translation.

Por isso, o evangelho deve ser pregado a todos. Devemos orar pela conversão de todos. Devemos abrir novos campos de pregação. Devemos proclamar Cristo incansavelmente.

Muitos rejeitarão a mensagem. Mas na próxima esquina, quem sabe se veremos uma única árvore.

Um pensamento em “A árvore na floresta”

Deixe uma resposta