Como câncer nos ossos

Provérbios 12.4: Traga honra para sua vida; case bem.

A mulher exemplar é a coroa do seu marido, mas a de comportamento vergonhoso é como câncer em seus ossos.
Provérbios 12.4

A mulher exemplar tem bom caráter. Vive para a retidão perante Deus, para a piedade, cumprindo seus deveres para com o Senhor. Tal esposa dá honra ao marido. Continue lendo “Como câncer nos ossos”

Mesmo na sua velhice

Isaías 46.4: Deus promete cuidar até o fim da vida.

Mesmo na sua velhice, quando tiverem cabelos brancos, sou eu aquele, aquele que os susterá. Eu os fiz e eu os levarei; eu os sustentarei e eu os salvarei. Isaías 46.4

Grande conforto, esta promessa feita pelo Senhor ao povo de Israel.  Só que o povo não acreditou nela. Buscou outros deuses. Continue lendo “Mesmo na sua velhice”

Jesus chorou sobre a cidade de Jerusalém

Lucas 19.41: A maioria recusará a oferta da salvação.

Quando se aproximou e viu a cidade, Jesus chorou sobre ela …
Lucas 19.41

Por sua brevidade, o verso de João 11.35: “Jesus chorou”, tem chamado atenção, e mais ainda por ter sido interpretado como expressão do amor de Jesus pelos seu amigo Lázaro. Continue lendo “Jesus chorou sobre a cidade de Jerusalém”

Que mérito terão?

Lucas 6.33: Vá além dos do mundo.

E que mérito terão, se fizerem o bem àqueles que são bons para com vocês? Até os ‘pecadores’ agem assim. Lucas 6.33

O mundo trabalha pelo princípio de dar na mesma medida em que recebe. Devolve igual para igual. Olho por olho. Jesus ensina um princípio altivo: Ame seus inimigos, v. 35. Continue lendo “Que mérito terão?”

Arrependam-se e cada um seja imerso

Atos 2.38: A igreja verdadeira é estabelecida quando os termos do evangelho são proclamados e recebidos.

Pedro lhes disse: “Arrependam-se e cada um de vocês seja imerso, em nome de Jesus Cristo, a fim de ter os pecados perdoados. E vocês receberão o dom do Espírito Santo”.
Atos 2.38 BND

Os termos de salvação dados no primeiro sermão do evangelho, a fim de estabelecer a igreja como Jesus prometera, são claros. Jesus foi pregado. A salvação foi oferecida. E as condições para recebê-la faziam parte da mensagem. Continue lendo “Arrependam-se e cada um seja imerso”

Enviados como ovelhas no meio de lobos

Mateus 10.16: É preciso de astúcia e inocência ao enfrentar oposição.

Eu os estou enviando como ovelhas entre lobos. Portanto, sejam astutos como as serpentes e sem malícia como as pombas.
Mateus 10.16

Na comissão limitada, Jesus enviou os Doze para pregar a Israel. Alertou-os sobre a oposição. Disse-lhes como deviam lidar com ela. Continue lendo “Enviados como ovelhas no meio de lobos”

Rejeitando Deus

1 Tessalonicenses 4.8: Paulo fala as palavras de Deus.

“Portanto, quem rejeita este ensino não está rejeitando homens, mas a Deus, que dá a vocês o seu Espírito Santo”.
1 Tessalonicenses 4.8

O assunto de Paulo neste trecho da carta são os mandamentos apostólicos, v. 2, e a santidade, v. 3, o que significa abster-se da imoralidade sexual, vv. 4-5, e não defraudar o irmão, vv. 6-7. Continue lendo “Rejeitando Deus”

Praticar o que aprender

Filipenses 4.9: Primeiro, aprender, para saber como praticar.

“Ponham em prática tudo o que vocês aprenderam, receberam, ouviram e viram em mim. E o Deus da paz estará com vocês”.
Filipenses 4.9

É impossível praticar sem aprender o que fazer. Não se pode agir corretamente quando é ensinado de forma errada. Para Deus estar conosco, é preciso, antes de mais nada, aprender a verdade para depois praticá-la.

Muitos enfatizam hoje o fazer. Este é o valor máximo do pós-modernismo. O importante, dizem, é fazer algo por Deus, não importa o quê. Dizem que a ortodoxia (doutrina correta) é menos importante do que a ortopraxia (prática). Na verdade, é impossível ter uma coisa sem a outra.

Tem gente, por exemplo, que considera qualquer tipo de batismo válido, seja imersão ou não, seja para adulto arrependido ou não, seja para o perdão dos pecados ou não. Pelo menos, fizeram algo.

Mas o batismo não é um sacramento, com eficácia sem a compreensão da pessoa que o recebe. Sem a instrução correta, não há nenhum batismo aceitável a Deus.

A sequência acima é importante: primeiro, aprender, receber, ouvir. Depois, observar a verdade do evangelho nos outros que vivem de maneira exemplar: ver. Isto para obedecer às verdades divinas na própria vida: praticar. E, no final, teremos Deus conosco, o Deus da paz.

Continue lendo “Praticar o que aprender”

Que nada me separe de Deus

2 Samuel 22.22: Que a afirmação do rei Davi seja nossa.

Tenho o cuidado de viver como o Senhor quer que eu viva. Por isso, eu não fiz nada que pudesse me separar de Deus.
2 Samuel 22.22 VFL

No seu cântico de vitória, Davi celebra o livramento que o Senhor lhe deu, de Saul e de todos os seus inimigos. O Senhor lhe recompensou pela sua conduta justa, v. 21.

Davi rejeitou o mal. O mal separa de Deus. Representa uma virada contra ele. É o abandono da sua presença.

Tenho cometido pecados que me separam de Deus?

  • Tenho abandonado as reuniões da sua família?
  • Tenho negligenciado a leitura e a meditação da sua palavra?
  • Tenho me esquecido de orar?
  • Tenho deixado de falar da verdade do evangelho para todos?
  • Tenho permitido que a sensualidade, a avareza ou a desonestidade tomem conta da minha vida?
  • Tenho recusado a confiar nos cuidados do Senhor?

Ou o mal nos afastará de Deus, ou Deus nos afastará do mal.

Senhor, quero sempre andar na sua presença, nos seus caminhos. Perdoe-me as ofensas e lave-me dos pecados, para que eu possa permanecer perante o Senhor.

O primeiro e maior

Mateus 22.38: Algumas coisas são mais importantes do que outras.

“Este é o primeiro e maior mandamento”.
Mateus 22.38

A antiga aliança já passou e por isso não se lança mão do Antigo Testamento para nossa prática hoje. Contudo, permanece a verdade sobre o amor por Deus com todo o ser. Continue lendo “O primeiro e maior”