Deus não tem favorito

Romanos 2.11: Esta verdade traz grande alívio.

Pois em Deus não há parcialidade.
Romanos 2.11

Para demonstrar misericórdia ou agir em juízo, Deus age da mesma forma para com todas as pessoas. Pois ele age de acordo com a sua santidade. Ele não tem favoritos. Não oferece privilégios especiais a ninguém. Continue lendo “Deus não tem favorito”

Profundo meu amor por vocês

2 Coríntios 2.4: O amor genuíno penetra dúvidas e oposições.

Pois eu lhes escrevi com grande aflição e angústia de coração, e com muitas lágrimas, não para entristecê-los, mas para que soubessem como é profundo o meu amor por vocês.
2 Coríntios 2.4

As motivações do apóstolo foram mal entendidas por alguns e distorcidas por outros. Paulo insistiu em esclarecer quais as suas verdadeiras motivações, principal entre elas o amor. Ele não desistiu. Ele estava compromissado com o diálogo com os coríntios para deixar às claras as suas razões. Continue lendo “Profundo meu amor por vocês”

Deus impõe ordem nas alturas

Jó 25.2: Bildade tinha razão nesta afirmação.

O domínio e o temor pertencem a Deus;
ele impõe ordem nas alturas,
que a ele pertencem.
Jó 25.2

Bildade tinha razão, no verso acima. Ele e seus amigos falaram muitas coisas corretas, no longo diálogo que tinham com seu amigo Jó. Infelizmente, fizeram algumas aplicações erradas sobre as suas aflições. Mas aqui, neste texto, Bildade acertou. Continue lendo “Deus impõe ordem nas alturas”

O que mais importa

Filipenses 1.10: Vamos separar bem as coisas.

“para que saibam discernir o que mais importa e sejam puros e irrepreensíveis para o dia de Cristo”.
Filipenses 1.10 Vozes adaptada

“Discernir” vem de um verbo para examinar e aprovar. “O que mais importa” é literalmente separar ou distinguir. O dia de Cristo é o retorno dele para buscar o seu povo e conduzi-lo ao céu. Continue lendo “O que mais importa”

O Filho protege os filhos

1 João 5.18: Não enfrentamos sozinhos o Maligno.

Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não está no pecado; aquele que nasceu de Deus o protege, e o Maligno não o atinge.
1 João 5.18

João conclui a sua primeira carta com três verdades que os cristãos sabem. A primeira: Deus protege seus filhos. Eles não enfrentam sozinhos a oposição. O poder de Deus nos deixa certos do sucesso. Continue lendo “O Filho protege os filhos”

Santo e temível é o nome de Deus

Salmo 111.9: Nas suas obras e palavras Deus inspira temor.

Ele trouxe redenção ao seu povo e firmou a sua aliança para sempre. Santo e temível é o seu nome!
Salmo 111.9

Este salmo de sabedoria é um acróstico, junto com o 112. O salmo reconhece a grandeza dos feitos maravilhosos de Deus, bem como os seus preceitos, v. 7. Estes “devem ser cumpridos com verdade e honestidade” v. 8b VFL. Continue lendo “Santo e temível é o nome de Deus”

A familiaridade gera desprezo

Marcos 6.4: Seremos como os nazarenos?

Jesus lhes disse: “Só em sua própria terra, entre seus parentes e em sua própria casa, é que um profeta não tem honra”.
Marcos 6.4

Jesus foi rejeitado pelo seu próprio povo, na cidade em que cresceu. A familiaridade com ele levou as pessoas a não perceber a sua natureza especial. Estavam cegos à sua divindade. Continue lendo “A familiaridade gera desprezo”

Pessoa não autorizada

Números 1.51: Para fazer algum serviço, temos de ser autorizados.

Sempre que o tabernáculo tiver que ser removido, os levitas o desmontarão e, sempre que tiver que ser armado, os levitas o farão. Qualquer pessoa não autorizada que se aproximar do tabernáculo terá que ser executada. Números 1.51

Deus dá responsabilidades definidas a pessoas específicas. Ele tem feito dessa forma sempre. Aos levitas, e somente a eles, foi entregue a tarefa de desmontar e armar a Tenda Sagrada no deserto. Continue lendo “Pessoa não autorizada”

O lado positivo e o negativo

Atos 19.26: Paulo não deixou dúvidas sobre o erro.

e estão vendo e ouvindo como este indivíduo, Paulo, está convencendo e desviando grande número de pessoas aqui em Éfeso e em quase toda a província da Ásia. Diz ele que deuses feitos por mãos humanas não são deuses.
Atos 19.26

Dizem alguns, mesmo dentro da igreja de Deus, que não devemos falar coisas negativas, mas somente o positivo. É impossível, porém, afirmar a verdade sem apontar o erro. É exatamente isso que se vê no Novo Testamento. Continue lendo “O lado positivo e o negativo”

Alegrei-me com eles

Salmo 122.1: Três aspectos importantes do relacionamento com Deus

Alegrei-me com os que me disseram: “Vamos à casa do Senhor!”
Salmo 122.1

O autor do salmo conhecia o valor de estar na presença de Deus junto com o povo de Deus. Para estar dentro do “local”, v. 2, onde Deus edificou sua habitação, v. 3, para orar e louvar a Deus, vv. 4-9, é uma grande alegria. Continue lendo “Alegrei-me com eles”