Batem nele, depois o adoram

Marcos 15.19: Tem gente fazendo ainda o que os soldados fizeram com Jesus.

Tem gente fazendo a mesma coisa hoje que os soldados fizeram com Jesus logo antes da sua crucificação.

Batiam-lhe na cabeça com uma vara e cuspiam nele. Ajoelhavam-se e lhe prestavam adoração.
Marcos 15.19

A adoração dos soldados foi um gesto de desprezo. Foi zombaria da sua parte.

Mas hoje tem gente que faz o que quer com Jesus e ainda finge adorá-lo.

  • Tomam o nome dele em vão e cantam sobre ele nos hinos.
  • Pecam deliberadamente e ainda esperam o perdão.
  • Adoram conforme suas preferências e acham que ele aceitará.
  • Ignoram sua palavra para seguir suas próprias ideias.
  • Juntam-se em denominações para fugir da única igreja dele.
  • Vivem de tal forma com se ele não fosse voltar.
  • Riem na cara daquele que julgará todo ato e palavra.

Ninguém mais bate fisicamente em Jesus ou cuspe nele. Mas o maltratam em formas tão brutais como o abuso dos soldados.

Eles fizeram na ignorância. Hoje, não existe nenhuma desculpa.

Quero que meu serviço e minha adoração a ele sejam genuínos, sinceros, obedientes e aprovados.

Para isso, a dedicação tem de ser total; a adoração, em espírito e em verdade; o serviço, guiado pela Palavra e não pela ambição; o esforço, cem porcento.

De outra forma, estou apenas brincando com Jesus.

1 pensamento em “Batem nele, depois o adoram”

  1. Eu também não quero rejeitar o Mestre com meu comportamento/atitude errados.
    Tem misericórdia de mim, Senhor.

    Obrigado pela meditação!

Deixe uma resposta