Batismo como propósito de Deus

Mas os fariseus e os peritos na lei rejeitaram o propósito de Deus para eles, não sendo batizados por João.
Lucas 7.30 NVI

A recusa do batismo de João por parte das autoridades religiosas judaicas sinalizava a rejeição do propósito de Deus para eles.

João era enviado por Deus (João 1.6), para preparar o caminho para Jesus. Sua mensagem incluía a mudança de vida e a imersão na água para o perdão dos pecados. E embora seu batismo fosse preparatório e temporário (ver Atos 19.1ss), fazia naquele período parte do propósito de Deus como o sinal concreto do arrependimento e do perdão de Deus.

Hoje, há um só batismo (Efésios 4.5), a imersão na água em nome de Cristo para o perdão dos pecados. E este ato de obediência também faz parte do propósito de Deus, sendo mais ainda, se fosse possível, elemento essencial no seu plano de salvação.

Como tal, quem recusa o batismo de Cristo, como ele é ensinado nas Escrituras, também rejeita o propósito de Deus para sua vida.

Aprenda qual o batismo verdadeiro!

Deixe uma resposta