O que é bom e tudo o que preciso?

Salmo 73.28: Depois de muita luta, eis a conclusão.

O ser humano tem mil definições do bem e do mal. No final, sem um padrão exterior e objetivo, ele acaba definido o que é bom em termos das suas preferências.

No meio duma experiência difícil, um escritor luta com a questão da bondade de Deus, Salmo 73.1, e chega à seguinte conclusão:

Mas, para mim, bom é estar perto de Deus;
fiz do Soberano Senhor o meu refúgio;
proclamarei todos os teus feitos.
Salmo 73.28

Este é o último verso do salmo, e lembra a palavra “bom” do primeiro.

A palavra “perto” faz contraste com a palavra “longe” no verso 27, traduzida com o verbo “abandonar” na NVI.

Ficar longe de Deus é abandoná-lo e ser destruído.

Ficar perto de Deus é ter refúgio e propósito de vida.

Uma versão bíblica traduz a primeira frase do verso assim: “Mas, para mim, a presença de Deus é tudo o que eu preciso”.

Estar perto de Deus significa uma dedicação constante e uma vida sempre conduzida com a força que ele dá, versos 23-26.

A presença de Deus é um dos grandes temas da Bíblia. Nas suas lutas com as desigualidades e injustiças da vida, o salmista chega no final nesta verdade.

Oro a Deus para que todos nós cheguemos a esta mesma conclusão e ajamos de acordo para ter na nossa vida a presença do Senhor.

Um pensamento em “O que é bom e tudo o que preciso?”

Deixe uma resposta