Busquem o bem

Busquem o bem, não o mal, para que tenham vida. Então o Senhor, o Deus dos Exércitos, estará com vocês, conforme vocês afirmam. Odeiem o mal, amem o bem; estabeleçam a justiça nos tribunais. Talvez o Senhor, o Deus dos Exércitos, tenha misericórdia do remanescente de José.
Am 5.14

Muita gente acha que Deus está próximo, mas é grande engano. São mortos que fingem ter vida.

Para que Deus realmente esteja conosco, temos de nos preocupar com o bem, ou ações corretas, como Deus as define — justiça. Neste capítulo, Amós anuncia juízo por falta de justiça entre o povo de Deus. Começa e termina falando desse assunto (vv. 7, 24). E o menciona aqui nos versos 14 e 15, no meio, como centro das suas atenções.

Pessoas religiosas pensam que podem agir de qualquer forma e ainda ser aceitas por Deus.

Amós proclama que, por mais que se fale ao contrário, Deus não está com tais pessoas.

Ele está com você?

http://deusconosco.com/alguemteama

Meu Deus todo-poderoso, ensine-me o que é o bem, como agir com justiça e retidão, como agradá-lo pelas minhas atitudes e ações. Quero que esteja comigo sempre, que nada na minha vida impeça a nossa comunhão. Dou graças pela vida de seu Filho, exemplo da justiça, e pela sua morte, que trouxe a salvação. Nele, Amém.

Abaixo, uma sugestão minha para a estrutura de Amós 5.

Estrutura quiástica de Amós 5

Texto de Amós 5 na BLH:

1 Povo de Israel, escute esta canção triste que eu canto a respeito de você:
2 “Israel, bela e pura como uma virgem, caiu e nunca mais se levantará! Está caída na sua própria terra, e ninguém a ajuda a se levantar!”
3 O Senhor, o Deus Eterno, diz:
-Se uma cidade mandar mil homens para a guerra, somente cem voltarão vivos; se mandar cem homens, somente dez voltarão.

4 O Deus Eterno diz isto ao povo de Israel:
-Voltem para mim a fim de que tenham vida. 5 Mas não me procurem em Betel, nem em Gilgal, nem em Berseba, pois o povo de Gilgal será levado como prisioneiro para fora do país, e a cidade de Betel vai ficar em ruínas. 6 Voltem para o Deus Eterno e vocês viverão. Se não voltarem, ele descerá como fogo para destruir o país de Israel, e em Betel ninguém poderá apagar esse fogo.7 Em vez de praticarem a justiça, vocês praticam a injustiça, que causa amargura, e não respeitam os direitos dos outros.

8 O Deus Eterno criou as estrelas, as Sete-cabrinhas e as Três Marias. Ele faz a noite virar dia e o dia virar noite. Ele chama as águas do mar e as derrama sobre a terra. O seu nome é Deus Eterno. 9 Ele acaba com os poderosos e destrói as suas fortalezas.

10 Vocês têm ódio daqueles que defendem a justiça e detestam as testemunhas que falam a verdade; 11 vocês exploram os pobres e cobram impostos injustos das suas colheitas. Por isso, vocês não vão viver nas casas luxuosas que construíram nem chegarão a beber o vinho das belas parreiras que plantaram. 12 Eu sei das muitas maldades e dos graves pecados que vocês cometem. Vocês maltratam as pessoas honestas, aceitam dinheiro para torcer a justiça e não respeitam os direitos dos pobres. 13 Não admira que num tempo mau como este as pessoas que têm juízo fiquem de boca fechada!

14 Procurem fazer o que é certo e não o que é errado, para que vocês vivam. Assim será verdade o que vocês dizem, isto é, que o Deus Eterno, o Todo-Poderoso, está com vocês. 15 Odeiem aquilo que é mau, amem o que é bom e façam com que os direitos de todos sejam respeitados nos tribunais. Talvez o Deus Eterno, o Todo-Poderoso, tenha compaixão das pessoas do seu povo que escaparem da destruição.

16 O Senhor, o Deus Eterno, o Todo-Poderoso, diz:
-Haverá gritos de dor em todas as cidades, e as ruas ficarão cheias de gente chorando. Até lavradores serão chamados para chorarem pelos defuntos, junto com as pessoas que são pagas para fazerem isso. 17 Haverá choro em todas as plantações de uvas. E tudo isso acontecerá porque eu virei castigá-los. Eu, o Deus Eterno, falei.

18 Ai dos que querem que venha o Dia do Deus Eterno! Por que é que vocês querem esse dia? Pois será um dia de escuridão e não de luz. 19 Será como um homem que foge de um leão e dá de cara com um urso; ou como alguém que entra em casa e encosta a mão na parede e é picado por uma cobra. 20 O Dia do Deus Eterno não será um dia de luz; ao contrário, será um dia de trevas, de escuridão total.

21 O Deus Eterno diz ao seu povo: -Eu odeio, eu detesto as suas festas religiosas; não tolero as suas reuniões solenes. 22 Não aceito animais que são queimados em sacrifício, nem as ofertas de cereais, nem os animais gordos que vocês oferecem como sacrifícios de paz. 23 Parem com o barulho das suas canções religiosas; não quero mais ouvir a música de harpas. 24 Em vez disso, quero que haja tanta justiça como as águas de uma enchente e que a honestidade seja como um rio que não pára de correr.
25 -Povo de Israel, por acaso, vocês me apresentaram sacrifícios e ofertas de cereais durante os quarenta anos em que estiveram no deserto? 26 Agora, vocês vão sair carregando as imagens do deus Sicute e da estrela Quium, que vocês fizeram para adorar. Vocês vão carregar essas imagens 27 quando eu os levar como prisioneiros para lá de Damasco. Eu, o Deus Eterno, o Deus Todo-Poderoso, falei.

Deixe uma resposta