Cabeça e calcanhar

Gênesis 3.15: Jesus é o descendente que derrota a serpente.

Porei inimizade entre você e a mulher, entre a sua descendência e o descendente dela; este lhe ferirá a cabeça, e você lhe ferirá o calcanhar. Gênesis 3.15

Depois do pecado de Adão e Eva, quando confrontados pelo Senhor, Adão culpou Eva e Eva culpou a serpente. Em ordem inversa o Senhor pronuncia o castigo para os três. O verso acima faz parte da maldição da serpente.

O Senhor fala de um único descendente da mulher, tido por muitos como referência a Jesus. A ferida no calcanhar seria a morte de Jesus, mas como ele ressuscitou dos mortos, não foi um golpe definitivo. A ferida na cabeça seria a vitória completa sobre o Maligno. Paulo assim entende numa alusão ao verso em Romanos 16.20.

Este verso é a primeira menção de uma mudança na situação do homem depois do seu pecado—e vem logo em seguida e como parte da série de maldições. No mais escuro momento da vida do homem, o Senhor lança uma luz.

Alguns chamam o verso de proto-evangelho, um pré-anúncio, ainda um tanto oculto, da vitória da Semente e, por meio dela, do homem. Embora Satanás tenha conseguido induzir o primeiro casal ao pecado, não teria a vitória final.

Pois haveria a inimizade, conflito espiritual constante entre os dois. Este conflito terá fim somente na vinda do Senhor Jesus, pois no céu não haverá mais mar, de onde surge o mal, Apocalipse 13.1; Apocalipse 21.1.

Deus Pai, ajuda-nos a viver a vitória que Jesus nos trouxe pela cruz, sem cair na tentação do diabo. Livra-nos do mal!

Deixe uma resposta