O caminho que só parece certo

Provérbios 14.12: O homem não consegue enxergar.

Há caminho que parece certo ao homem, mas no final conduz à morte.
Provérbios 14.12

A subjetividade humana mata. Sem uma medida objetiva das atitudes e condutas da vida, o ser humano acaba se dando mal. Sua capacidade de justificar suas atitudes, de ignorar as consequências do pecado e de olhar apenas às vantagens momentâneas parece ser infinita.

O reconhecimento da aparência enganosa do caminho errado prepara a pessoa a não depender de suas próprias ideias, nem as de outras pessoas, mas sim das verdades de Deus. O coração do homem é enganoso, Jeremias 17.9—o meu, o seu, o de todos. A bênção recai sobre quem confia em Deus, e não no homem.

Constantemente, o mundo recomenda que se consulte o seu coração. É um dos piores conselhos possíveis. Jesus disse que é do coração que surge todo tipo de pecado, Mateus 15.19. O homem não tem como distinguir entre os bons e maus pensamentos.

O Criador, sim. Ele nos conhece a fundo, Lucas 16.15; Atos 15.8; Hebreus 4.13. Ninguém melhor do que ele para nos informar o caminho bom e o ruim. Jesus já nos revelou qual é qual, Mateus 7.13-14.

Portanto, não confie em si mesmo. Confie no Senhor. Leia as Escrituras. Elas contêm os conhecimentos necessários para identificar o bom caminho e nos esclarecer quanto ao caminho que só parece bom.

 

2 comentários em “O caminho que só parece certo”

  1. Nesse mundo de tantas mudanças e conflitos, só verdadeiramente a confiança no Senhor e a total dependência Nele, pode garantir ao homem, sábias decisões.

Deixe uma resposta