Qual deve ser a nossa ambição de vida?

1 Tessalonicenses 4.11: Três coisas devem ocupar nossas atenções.

“Esta deve ser a ambição de vocês — esforçar-se para levar uma vida tranquila, se importando com seus próprios negócios e fazendo seu próprio trabalho, tal como já lhes instruímos anteriormente.
1 Tessalonicenses 4.11 NBV

A ambição é considerada algo que faz com que a pessoa apareça mais em público e conquiste sucesso, riqueza e reconhecimento. Paulo a vê de forma diferente. Continue lendo “Qual deve ser a nossa ambição de vida?”

Rejeitando Deus

1 Tessalonicenses 4.8: Paulo fala as palavras de Deus.

“Portanto, quem rejeita este ensino não está rejeitando homens, mas a Deus, que dá a vocês o seu Espírito Santo”.
1 Tessalonicenses 4.8

O assunto de Paulo neste trecho da carta são os mandamentos apostólicos, v. 2, e a santidade, v. 3, o que significa abster-se da imoralidade sexual, vv. 4-5, e não defraudar o irmão, vv. 6-7. Continue lendo “Rejeitando Deus”

Servir e esperar

Paulo oferece excelente descrição da conversão.

pois eles mesmos relatam de que maneira vocês nos receberam, e como se voltaram para Deus, deixando os ídolos a fim de servir ao Deus vivo e verdadeiro, e esperar dos céus seu Filho, a quem ressuscitou dos mortos: Jesus, que nos livra da ira que há de vir.
1 Tessalonicenses 1.9-10

Paulo descreve a conversão dos tessalonicenses. Esta inclui a esperança da salvação eterna quando Jesus vier. Servir e esperar são dois aspectos importantes do Caminho. O servir é motivado pela segunda vinda de Cristo. O esperar é definido pelo Deus vivo que deu vida ao seu Filho e que também a dará a nós. Continue lendo “Servir e esperar”

Agora vivemos

Precisamos do encorajamento que os outros podem nos dar.

“[P]ois agora vivemos, visto que vocês estão firmes no Senhor”. 1Tes 3.8

O apóstolo Paulo se sentia desanimado por causa das suas circunstâncias. Mas as boas notícias, por meio de Timóteo, sobre os santos na Tessalônica deu-lhe vida nova.

“O missionário cuja tarefa era encorajar outros (verso 2) foi encorajado e reavivado pela notícia da igreja” (I. Howard Marshall, NBC21, 1281).

Relacionamentos entre os que evangelizam e os seus convertidos são, e devem ser, chegados. O relacionamento não termina no batismo destes. Os dois—evangelistas e convertidos—ainda precisam uns dos outros. Eles encontram muitos motivos de ânimo entre eles.

Como você descreveria a preocupação pelos que são salvos, para que continuem fiéis?

Deus Pai, obrigado pelo amor e ânimo que encontramos uns nos outros, na conversão dos perdidos e na fidelidade de todos. Use a minha vida para incentivar aos irmãos.

Destinados

1 Tessalonicenses 5.8-9: A sobriedade é qualidade da salvação.

Nós, porém, que somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo a couraça da fé e do amor e o capacete da esperança da salvação. Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para recebermos a salvação por meio de nosso Senhor Jesus Cristo.
1 Tessalonicenses 5.8-9

No dia os homens trabalham. À noite, dormem e embriagam-se. No sentido espiritual, os cristãos não pertencem à noite, mas sim do dia. O desleixo, o descuido e a inatividade (sono), junto com a dissolução, a falta de autocontrole e a entrega às paixões (embriagar-se) trazem sobre a pessoa a ira de Deus. Continue lendo “Destinados”

Resistência espiritual

1 Tessalonicenses 1.3: Como não deixar a esperança vacilar?

Lembramos continuamente, diante de nosso Deus e Pai, o que vocês têm demonstrado: o trabalho que resulta da fé, o esforço motivado pelo amor e a perseverança proveniente da esperança em nosso Senhor Jesus Cristo. 1 Tessalonicenses 1.3

Quando a esperança está no Senhor Jesus, ela fica firme. Conseguimos perseverar apesar de todas as dificuldades. Os tessalonicenses sofreram perseguição, mas não deixaram que sua fé parasse, que seu amor esfriasse e nem que sua esperança vacilasse. Continue lendo “Resistência espiritual”

Procurem sempre fazer o bem

1 Tessalonicenses 5.15: A busca de Deus busca o bem de todos.

Evitem que alguém pague o mal com o mal. Ao contrário, procurem sempre fazer o bem uns aos outros e a todos em geral.
—1 Tessalonicenses 5.15 VFL

Por meio do ensino, do incentivo, do conselho e da disciplina dentro do corpo de Cristo é que seus membros devem evitar a vingança no seu meio. O verbo “evitar” é “ver”, isto é, ficar de olho, estar alerta para que isso não aconteça. Continue lendo “Procurem sempre fazer o bem”

Como ser mais forte no coração e mais santo

1 Tessalonicenses 3.12-13: Oração ao Senhor por mais amor e maior santidade.

O Senhor Deus providencia meios pelos quais crescemos. Paulo menciona um destes em sua oração pelos tessalonicenses: Continue lendo “Como ser mais forte no coração e mais santo”

Ação: Orar

1 Tessalonicenses 5.17: Separe tempo exclusivo para orar, e ore em todo momento.

LER: “Orem continuamente” 1Ts 5.17.

PENSAR: A constância é marca principal da oração, em nome de Cristo, Jo 15.16, no Espírito Santo, Jd 20, a favor dos santos, Ef 6.18, com fé, Tg 1.5-8, pela obra de Cristo, Lc 10.2. Inclui louvor, gratidão, súplicas, intercessões, confissão, Mt 6.5-15. A oração é para toda hora. Na oração falamos com Deus, metade de nossa conversa com ele. (Na Bíblia, ele fala conosco.) Continue lendo “Ação: Orar”

Ação: Progredir

1 Tessalonicenses 4.1: Descubra o que Deus detesta e o que lhe agrada.

LER: “cresçam nisso cada vez mais” 1Ts 4.1.

PENSAR: O crescimento está em agradar a Deus. É o assunto de instrução entre cristãos. O progresso espiritual não é opção, mas sim mandamento dado pela autoridade do Senhor Jesus, v2. O batismo é apenas o começo. Depois de nascer, é necessário crescer. O discípulo não pára de crescer, mas avança sempre nas coisas de Deus. Continue lendo “Ação: Progredir”