Obedecer antes a Deus

Os apóstolos nos dão exemplo, face à oposição, de como devemos obedecer a Deus e pregar o evangelho conforme mandamento de Jesus, em todos os momentos.

preciso obedecer a DeusQual é melhor: o alívio imediato, ou a saúde futura? Qual você prefere: ceder aos homens agora para evitar críticas e oposição, ou obedecer a Deus para desfrutar a aprovação eterna dele?

Os apóstolos não tiveram de pensar duas vezes, quando o conselho dos judeus proibia falar em nome de Jesus.

Pedro e os outros apóstolos responderam: “É preciso obedecer antes a Deus do que aos homens!
Atos 5.29 NVI

Jesus mandou pregar o evangelho a todos, a toda hora, sem dar atenção ao momento, à reação das pessoas, à situação. É para pregar, e pronto!

Mas nós preferimos esperar até uma hora em que a pessoa seria mais receptiva. E acabamos nunca falando. Somos covardes! E assim obedecemos aos homens ao invés de obedecer a Deus.

Vamos nos arrepender!

 

Eles se dedicavam

Os primeiros cristãos se dedicaram à prática cristã diária. Façamos o mesmo, e não o mínimo que agradaria a Deus.

Cristão se dedicam à comunhão

Tem gente que tenta calcular o mínimo que se tem de fazer para cumprir os deveres para com Deus. Com tal atitude, nunca agradarão a Deus.

Os primeiros cristãos, convictos do Senhorio de Cristo, e cientes de fazerem parte da nova manifestação do reino de Deus na terra (a igreja), dedicavam-se a esta nova vida sob a liderança do Rei dos Reis.

Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações.
Atos 2.42 NVI

A comunhão segue ao ensino, sendo dele formada e servindo como expressão da unidade com Cristo e em Cristo. Aqui, na prática diária cristã em Jerusalém, a comunhão é a expressão concreta de um novo relacionamento de amor e respeito entre os que agora pertencem à família de Deus.

Desde o início, a igreja é ensinada a praticar o modelo da fé que ainda hoje deve reger os seguidores de Jesus. E a este padrão eles devem se dedicar, como os primeiros cristãos.

Arriscaram a vida

Homens que têm arriscado a vida pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo.
Atos 15.26 NVI

Desceram alguns homens da Judéia para Antioquia que começaram a ensinar a obrigatoriedade da lei de Moisés. Isso levou Paulo e Barnabé a uma grande contenda e discussão com eles. A igreja os enviou a Jerusalém para tratar dessa questão com os apóstolos e com os presbíteros. Continue lendo “Arriscaram a vida”

Alegres e Dignos

Os apóstolos saí­ram do Sinédrio, alegres por terem sido considerados dignos de serem humilhados por causa do Nome.
Atos 5.41 NVI

Poucos meses antes, onze homens correram para salvar a sua pele. Agora, encaram o mais alto tribunal do seu povo com coragem.

Antes, amedrontaram-se com a idéia do sofrimento fí­sico. Agora, submeteram-se aos açoites com alegria.

O que fez a diferença?

Eles tinha visto seu Mestre ressuscitar dos mortos. Olharam enquanto ele subia aos céus para sentar-se í  direita do seu Pai.

Sabiam que as inconveniências desta vida nada são comparadas com a glória que os esperavam, com o poder do seu Soberano.

Acima de tudo, amavam aquele que deu sua vida por eles. E estavam dispostos a dar a vida deles por ele.

Eis a diferença.

De jeito nenhum!

Mas Pedro respondeu: “De modo nenhum, Senhor! Jamais comi algo impuro ou imundo!”
Atos 10.14

Pedro negou Jesus três vezes. Depois, ao ser perguntado pelo Senhor, afirmou três vezes seu amor por ele.

Agora, numa visão, Pedro recusa três vezes a obedecer um mandamento do Senhor.

Sua recusa se deu porque Não entendia a vontade de Deus quanto aos gentios, e muito menos que o judaí­smo Não era mais o caminho para a aprovação divina.

O momento serviu para Pedro refletir no significado da visão. E quando chegou ao momento de pregar para Cornélio, eu proclamou o evangelho aos gentios e depois defendeu sua ação perante os judeus.

Se é que você é arredio ao ouvir algum mandamento de Deus, tome como momento de refletir e buscar maior compreensão dos caminhos do Senhor.

Não poderão ser salvos

Atos 15.1: Tem gente que muda os termos da salvação.

Alguns homens desceram da Judéia para Antioquia e passaram a ensinar aos irmãos: “Se vocês não forem circuncidados conforme o costume ensinado por Moisés, não poderão ser salvos”.
Atos 15.1

Desde o iní­cio do evangelho de Cristo, falsos mestres têm mudado os termos da salvação.

Alguns acrescentam mais condições, outros as tiram, ainda outros trocam os mandamentos de Cristo por seus próprios.

Quando estes começaram a insistir na observação das leis de Moisés, foi considerado assunto tão importante que houve uma grande reunião em Jerusalém com toda a igreja.

Pois o que é necessário para a salvação é a questão mais importante de todas.

Se você não sabe com toda certeza o que Deus (e não nenhum homem) exige de você para ser salvo, você deve se apressar para descobri-lo. E fazê-lo.

Juntos assistindo a Copa

Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeiçíµes, com alegria e sinceridade de coração.
Atos 2.46

Os disci­pulos reunidos com Jesus.Para assistir a Copa do Mundo, gostamos de nos reunir com famí­lia ou com amigos. Outros gostam de ir a um restaurante, shopping ou praça para acompanhar cada lance do jogo.

Queremos celebrar momentos alegres e importantes com outros. Nas coisas de Deus, também é assim. Queremos estar juntos como famí­lia do Senhor.

A própria palavra “igreja” significa “reunião” ou “assembleia”. Indica que somos pessoas redimidas por Deus e reunidas em torno de Jesus. Atividade favorita nossa é estarmos juntos.

A Copa e sua alegria passarão, mas continuará para sempre o amor de Deus entre nós e nossa satisfação em estar com nossa famí­lia em Cristo.