Ação: Pensar

Filipenses 4.8: Pense em Deus e na sua bondade.

LER: “Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas” Fp 4.8.

PENSAR: A mente mundana é pessimista, pensa no pior, espera acontecer o ruim. A mente redimida pensa no que é bom, pois tem como referência a bondade de Deus no presente e a promessa de Deus para o futuro. Em Cristo, a paz de Deus guarda a mente, v. 7. Continue lendo “Ação: Pensar”

‘Para trazê-los de volta para ele’

2 Crônicas 49.15: Deus não age conforme as nossas expectativas.

As intenções de um nem sempre ficam claras para todos. As motivações divinas também nem sempre são compreendidas pelas pessoas. Por isso, precisamos estudar com cuidado a palavra de Deus. Continue lendo “‘Para trazê-los de volta para ele’”

O agrado de Deus

Mateus 11.26: Uma oração, uma ação de graças, uma visão clara de Deus.

Em todo momento Deus demonstra seu caráter e revela sua benevolência para os homens. Temos de parar de olhar para o mundo e julgar Deus pelo que as pessoas fazem. Como podemos pensar mal de Deus quando ele não é o culpado pelas decisões das pessoas? Continue lendo “O agrado de Deus”

A terceira vez foi o momento certo

João 21.14: Jesus esperou até a hora H para falar. Cinco lições saem deste fato.

Na hora H. No momento certo. O tempo devido. Deus faz as coisas sempre quando deviam ser feitas. Na nossa visão limitada, Deus atrasa. Ou sentimos que está muito cedo. Mas Deus sempre acerta o tempo. Continue lendo “A terceira vez foi o momento certo”

Proteção e destruição na mesma frase

Naum 1.7-8: o profeta não pode deixar de falar da bondade de Deus.

Naum fez profecias contra Níneve depois de mais de 100 anos da história de Jonas. No meio de palavras de destruição e da queda da superpotência daquela época, o profeta não pode deixar de falar também da bondade de Deus. Continue lendo “Proteção e destruição na mesma frase”

Onde a humanidade se abriga

Salmo 36.7: Aqui tem lugar para todos, espaço suficiente para que ninguém fique fora.

O colo da mãe não consegue receber todos os filhos de uma vez só, se estes forem muitos. A atenção do pai é dividida entre os filhos quando chega em casa, não podendo escutar todos ao mesmo tempo. Mas a bondade e o amor de Deus têm lugar para todos, igualmente. Continue lendo “Onde a humanidade se abriga”

Foi bom o castigo

Salmo 119.71: Deus faz o bem também no castigo.

castigo-deus-bom

Tem coisa que a gente aprende às duras penas. No meio do aperto, não apreciamos a lição. Depois, reconhecemos como foi bom ter passado por aquilo, porque somente assim teríamos aprendido.

Foi bom para mim ter sido castigado, para que aprendesse os teus decretos.
Salmo 119.71

Como saber quando estamos sendo castigados ou disciplinados por Deus, a fim de nos corrigirmos? Continue lendo “Foi bom o castigo”

Vá onde Deus está abençoando

Rute 1.6: Vamos atrás da bênção de Deus.

Desde o princípio, as pessoas têm migrado por muitos motivos. A migração para Deus é o melhor motivo de todos.

Quando Noemi soube em Moabe que o Senhor viera em auxílio do seu povo, dando-lhe alimento, decidiu voltar com suas duas noras para a sua terra.
Rute 1.6 NVI

A frase: “viera em auxílio”, é literalmente “visitou.” O verbo é usado muitas vezes quando Deus lida com o homem, frequentemente para castigar, mas aqui para abençoar.

Deus é soberano sobre as nações e o seu povo. Seus movimentos podem ser discernidos, suas ações, identificados.

Deus pode abençoar ao mesmo tempo que seu povo sofre. O livro de Rute questiona e, no fim, responde, se a fé na bênção de Deus se justifica.

Este verso nos lembra que, quando percebemos onde Deus abenços, devemos ir até lá.

Hoje, sua mão abençoa mais em Cristo, no corpo de Cristo.

Devemos ir até lá, também.

Ó Deus, que eu veja que a fé traz bênção, a seu tempo, no tempo certo.

Segure esta ideia: Onde Deus se manifesta, ele convida a nossa presença.

Entenderam o propósito

Deus deseja fazer sempre o bem.

Propósito de DeusSem entender como uma guinada na vida ou uma situação inesperada poderá contribuir para um final feliz, pelo menos o cristão confia que o projeto de Deus visa seu bem-estar e, mais ainda, a bênção de todos.

Como vocês sabem, consideramos bem-aventurados aqueles que mostraram perseverança. Vocês ouviram a respeito da perseverança de Jó e entenderam o propósito do Senhor, porque o Senhor é misericordioso e compassivo.
Tiago 5.11 BND

Muitas versões vertem a frase sobre o propósito do Senhor assim: “viram o fim que o Senhor lhe proporcionou” (NVI). Algumas traduções recentes, porém, consideram o termo “fim” (grego: telos) como indicação de finalidade ao invés de uma referência ao término da história de Jó. (TEB parece dar o sentido de propósito: “viste o fim visado pelo Senhor”.) No final, porém, os dois sentidos se fundem.

A última frase sobre a misericórdia de Deus lembra passagens como Êxodo 34.6; Neemias 9.17; Salmo 86.15 e 102.13; Joel 2.13 e Jonas 4.2, servindo assim de afirmação da constância do propósito bondoso do Senhor. O caso de Jó não foi exceção.

O propósito do Senhor, qual é? Abençoar os que perseveram. A história de Jó e tantas outras proclamam seu intento benévolo.

Então, tome mais um passo hoje em direção a ele.

Senhor benigno, confio no Senhor que cada momento vivido nesta terra tem como objetivo me conduzir até a sua presença. Obrigado por me dar a promessa eterna que alimenta as esperanças. Amém.