Servir e esperar

Paulo oferece excelente descrição da conversão.

pois eles mesmos relatam de que maneira vocês nos receberam, e como se voltaram para Deus, deixando os ídolos a fim de servir ao Deus vivo e verdadeiro, e esperar dos céus seu Filho, a quem ressuscitou dos mortos: Jesus, que nos livra da ira que há de vir.
1 Tessalonicenses 1.9-10

Paulo descreve a conversão dos tessalonicenses. Esta inclui a esperança da salvação eterna quando Jesus vier. Servir e esperar são dois aspectos importantes do Caminho. O servir é motivado pela segunda vinda de Cristo. O esperar é definido pelo Deus vivo que deu vida ao seu Filho e que também a dará a nós. Continue lendo “Servir e esperar”

A resposta sempre foi a mesma

Acts 22.10: Jesus não responde diretamente a Saulo, mas manda alguém para dizer o que todos precisam saber.

“Assim perguntei: Que devo fazer, Senhor? Disse o Senhor: ‘Levante-se, entre em Damasco, onde lhe será dito o que você deve fazer’”. Atos 22.10

Não existe pergunta melhor que se pode fazer do que a que Saulo fez no caminho para a cidade de Damasco, quando o Senhor Jesus lhe apareceu. Continue lendo “A resposta sempre foi a mesma”

Torne-se filho de Deus

João 1.12-13: Não somos filhos de Deus automaticamente.

Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus, os quais não nasceram por descendência natural, nem pela vontade da carne nem pela vontade de algum homem, mas nasceram de Deus.
João 1.12-13

Ninguém nasce, fisicamente, como filho de Deus. Não é por “meios naturais” (NTLH) que alguém é filho dele. Não somos seus filhos automaticamente. A afirmação: “Somos todos filhos de Deus”, é uma mentira. Continue lendo “Torne-se filho de Deus”