O fraco e o forte

Isaías 49.5: A glória do homem está nisso.

O ser humano é fraco. Ele pode estocar armas. Pode criar novas maneiras de matar. Pode jogar pesado na política. Pode usar milhões de reais para manipular. Mas no final, ele é fraco.

Ele é fraco também no âmbito espiritual. Aqui, sua fraqueza é mais evidente ainda. Nada consegue fazer. Continue lendo “O fraco e o forte”

Quem é de Deus venceu

I João 4.4: O óbvio deixa de ser óbvio quando escutamos a vozes ou mal informadas ou mal intencionadas.

O óbvio deixa de ser óbvio quando escutamos a vozes ou mal informadas ou mal intencionadas. Foram as últimas que estavam berrando no primeiro século quando João escreveu sua primeira carta, deixando confusos os verdadeiros filhos de Deus. Continue lendo “Quem é de Deus venceu”

As mãos de Deus

Salmo 119.73: Deus nos criou. Portanto, buscamos nele nossa vida.

Quando reconhecemos que foi Deus quem nos criou e que teve um propósito benéfico nessa criação, a ele iremos para buscar entendimento e para dele nos aproximar. Nosso relacionamento com ele muito bem é descrito em termos dos seus mandamentos, pois nestes é contida a sua vontade para a vida humana. Continue lendo “As mãos de Deus”

Deus abre a sua mão, abra também a sua

Salmo 145.16: Façamos como Deus.

Deus cuida de todos os seres vivos na terra. Aquele que tudo criou, de tudo cuida. Ele alimenta os animais e abençoa o homem com suas necessidades materiais.

Abres a tua mão e satisfazes os desejos
    de todos os seres vivos.
Salmo 145.16

Da mesma forma que Deus abre a sua mão para satisfazer os desejos das suas criaturas, ele quer que você, como filho ou filha dele, abra a sua mão para satisfazer o desejo eterno de todas as pessoas.

Pois na sua mão está o evangelho, a Boa Nova que tem capacidade de saciar a fome de todos.

Pai celestial, ajude-me a ser generoso com o evangelho, como é o Senhor com suas bênçãos materiais, bem como com o amor que tem por nós em Cristo, dando-o livremente e de bom grado. Que assim possamos dar não somente a verdade da Boa Nova, mas também as nossas próprias vidas.

Ação: Glorificar

1 Coríntios 10.31: Use sua liberdade para os outros virem a dar glória a Deus.

LER: “Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus” 1Co 10.31.

PENSAR: A liberdade em Cristo, 10.23-30, se expressa pela busca da glória de Deus, especialmente para que muitos sejam salvos, 32-33. Sua glória é sua pessoa. Mede-se todo ato por esta régua, pois segue o exemplo de Cristo, 11.1. Desta forma, agradar outros, 10.33, não corre risco de abandonar a verdade. Glorificamos a Deus usando nossos dons, 1Pd 4.11; em corpo e espírito, 1Co 6.20; na evangelização, 2Ts 3.1. Continue lendo “Ação: Glorificar”

Ação: Orgulhar-se

Gálatas 6.14: O povo de Deus se gloria no próprio Deus.

LER: “Quanto a mim, que eu jamais me glorie, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, por meio da qual o mundo foi crucificado para mim, e eu para o mundo” Gl 6.14.

PENSAR: Gloriar-se é “sentir prazer em algo” ou “gabar-se de algo” (BGAD). No sentido acima, é basear sua importância e valor em algo. O povo de Deus se gloria no próprio Deus, Je 9.23-24; 1Co 1.31; 2Co 10.17. O mundo das conquistas próprias é morto para ele. “Tudo tem sido dado por Deus, então a ele só pertencem o louvor e a glória” (TLNT). Continue lendo “Ação: Orgulhar-se”

Ação: Ouvir

Mateus 15.10: Podemos e devemos ouvir e entender a palavra de Cristo.

LER: “Jesus chamou para junto de si a multidão e disse: ‘Ouçam e entendam’” Mateus 15.10.

PENSAR: Sem ouvir a Boa Nova, não há salvação. É possível ouvir e entender. Não é difícil demais. Jesus fala a mensagem à multidão. É para todos ouvirem, e não um grupo seleto. Todos temos a responsabilidade de ouvir e entender. Seremos julgados pelo ouvir. Continue lendo “Ação: Ouvir”

Deixe que Deus faça o trabalho dele

Salmo 37.7: A bondade de Deus se revela no tempo.

Nossos olhos veem o presente. Vemos o sucesso dos outros. Comparamos as nossas dificuldades com o êxito alheio. As comparações favorecem o outro. Sentimo-nos defraudados. Pensamos que somos alvos da injustiça. Deus não nos trata bem. Continue lendo “Deixe que Deus faça o trabalho dele”