Animando todos os discípulos

Edifique aos irmãos.

A missão da igreja é única: a proclamação da Boa Notícia de Cristo para que as pessoas se arrependem e cheguem à salvação eterna. Assim, sua atividade principal é falar de Cristo. Dentro desta missão, existe também o trabalho de fortalecer os convertidos, para que fiquem firmes na fé.

Depois de ficar algum tempo em Antioquia, ele foi embora. Atravessou a província da Galácia e o distrito da Frígia, indo de um lugar para outro e animando todos os cristãos.
Atos 18.23 NTLH

Esta viagem não é contada entre as viagens missionárias de Paulo, mas é tão importante quanto as outras. Nas outras, sua tarefa foi principalmente a de evangelizar. Parece que esta tinha mais o propósito de edificação.

É importante salvar almas, e também importante mantê-las salvas.

Pai, obrigado pelo exemplo que temos de evangelizar e edificar aos irmãos. Que nosso serviço seja completo. Amém.

Segure este pensamento: Que seja ouvido na igreja uma palavra de ânimo.

Prefiro falar cinco palavras

Entendeu?

razão cristãDeus criou o ser humano para usar, primeiro, a sua mente. O evangelho se baseia em fatos, verdades, mandamentos e princípios que são compreendidos pela mente. A fé tem de fazer sentido. Nosso serviço, diz Paulo, é racional. A edificação espiritual ocorre por meio da razão.

Todavia, na igreja prefiro falar cinco palavras compreensíveis para instruir os outros a falar dez mil palavras em língua.
1 Coríntios 14.19 NVI

Na igreja coríntia, alguns cristãos usavam mal o dom das línguas. Este dom era a capacidade, dada por Deus, de falar um outro idioma, digamos latim ou grego, sem ter estudado, para comunicar os conceitos do evangelho. Em Corinto, porém, alguns utilizavam o dom sem necessidade, sem haver quem falava o idioma, e sem uma interpretação das palavras faladas no idioma estrangeiro. E isso a fim de aparecer e se engrandecer, ao invés de incentivar ao outro.

Nestas condições, Paulo os proibiu falar em línguas na igreja coríntia. Porque o importante é edificar espiritualmente o outro. E tal edificação se faz pela instrução, dirigindo-se com palavras compreensíveis à mente humana.

Portanto, não precisamos na igreja de grandes emoções e nem grandes figurões, mas sim de grandes verdades.

Seja radical, com alvo certo

O amor dá direção para os dons.

dons espirituaisQuando amamos, procuramos o que serve melhor para ajudar ao próximo. Existe uma hierarquia dos dons. Alguns são melhores que outros. Um é superior a outro porque tem capacidade maior de edificar o outro. E não há mistério quais dons são superiores.

Entretanto, busquem com dedicação os melhores dons. Passo agora a mostrar-lhes um caminho ainda mais excelente.
1 Corinthians 12:31 NVI

Os coríntios procuravam os dons inferiores porque estavam os usando para fins egoístas. Assim, deram valor exagerado aos inferiores.

No meio da discussão, e o ponto principal de Paulo sobre os dons, é o assunto do amor, no capítulo 13. Pelo amor eles iriam abandonar o egoísmo e o abuso dos dons, para buscar os melhores, a fim de edificar aos irmãos.

Buscar é necessário. Dedicação é recomendada — o zelo é o radicalismo aprovado por Deus. Mas sem o amor para direcionar e informar, não definirá o alvo correto nem alcançar o objetivo pelo qual Deus deu os dons.

Você está no caminho mais excelente?

Deus do desprendimento, que meu zelo seja orientado pelo amor, que minha busca tenha como alvo o bem do meu próximo.

 

Inconveniente, mas edificante

Edificar dá trabalho.

Edificar dá trabalhoTem hora que vamos incomodar as pessoas para que possamos abençoá-las. O apóstolo Paulo fez assim. Com pressa de chegar em Jerusalém, ele não quis descer e demorar na província da Ásia, mas ainda queria ter momento com os presbíteros efésios. Pede que que eles venham até ele para consultar a respeito da obra de Deus.

Paulo tinha resolvido não parar na cidade de Éfeso para não ficar muito tempo na província da Ásia. Ele estava com pressa, pois queria chegar a Jerusalém, se possível, antes do dia de Pentecostes. Em Mileto Paulo mandou chamar os presbíteros da igreja de Éfeso para se encontrarem com ele.
Atos 20.16-17 NTLH

Éfeso ficava uns 58 km de Mileto. Os presbíteros teriam de ou contornar o golfo entre as duas cidades ou atravessá-lo de barco. Significava uma viagem de dias, naquela época. Para quê? Umas horas, talvez, com o apóstolo.

A dificuldade de fazer acontecer encontros às vezes exige mais esforço e tempo do que o encontro em si. (Da mesma forma que demora mais tempo para preparar uma refeição do que o tempo de comê-la.) Mas a inconveniência vale a pena, pois ficam a edificação e os laços fortalecidos entre irmãos.

Incentivo

E consideremos uns aos outros para nos incentivarmos ao amor e às boas obras. Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas procuremos encorajar-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês vêem que se aproxima o Dia.
Hebreus 10.24-25

A igreja precisa de você. Não vamos à igreja para receber, mas para dar. As reuniões dos cristãos seguem o princípio falado pelo Mestre que “mais bem-aventurado é dar do que receber”. Continue lendo “Incentivo”