Não terás outros deuses

E Deus falou todas estas palavras: Eu sou o Senhor, o teu Deus, que te tirou do Egito, da terra da escravidão. Não terás outros deuses além de mim. Não farás para ti nenhum ídolo, nenhuma imagem de qualquer coisa no céu, na terra, ou nas águas debaixo da terra.
Êxodo 20.1-4

O início dos 10 mandamentos revela muita coisa sobre Deus. Continue lendo “Não terás outros deuses”

Três vezes por ano

Êxodo 23.14, 17: Deus tem um povo feliz.

Três vezes por ano vocês me celebrarão festa. (…) Três vezes por ano todos os homens devem comparecer diante do Senhor, o Soberano.
Êxodo 23.14, 17

Para as três grandes festas estabelecidas por Deus, os israelitas deviam se reunir em Jerusalém, onde o templo ficava, como centro de adoração da nação. Eram festas que exigiram viagem à capital. Os estudiosos pensam que os salmos de “degraus” ou de peregrinação eram cantados durante estas viagens. Continue lendo “Três vezes por ano”

A terra engolidora é a nossa garantia

Êxodo 15.11-13: Podemos confiar que Deus nos levará até o fim.

Deus nunca deixa na mão. Ele não pára no meio do caminho. Ele leva a termo sua obra.

No cântico de Moisés, celebrando a vitória de Deus sobre os egípcios, o líder do povo vê não somente a mão de Deus no recente ato de libertação, mas a promessa futura sendo cumprida. Continue lendo “A terra engolidora é a nossa garantia”

A morada de Deus entre os homens

Êxodo 25.8: Deus se fez presente no santuário.

tabernaculo

O ser humano precisa de moradia, para protegê-lo dos elementos da chuva, do frio e do calor e das ameaças de insetos, bichos e predadores da sua própria raça. Sua moradia lhe traz um grau maior ou menor de conforto.

Deus também tem uma moradia, mas não porque ele precisa de proteção. Ele deseja e por isso escolheu habitar entre um povo da sua escolha. Por meio desta moradia ele não recebe benefício, mas o confere. Ele abençoa ao seu povo por meio da sua presença no seu meio. Continue lendo “A morada de Deus entre os homens”