Ricos em fé

Tiago 2.5: Vejamos da perspectiva de Deus.

Ouçam, meus amados irmãos: Não escolheu Deus os que são pobres aos olhos do mundo para serem ricos em fé e herdarem o Reino que ele prometeu aos que o amam?
Tiago 2.5

Os ricos, de um modo geral, amam as suas riquezas. Jesus comentou sobre as dificuldades do rico entrar no Reino de Deus, Mateus 19.23. Mas ainda muitos irmãos, cujos olhos também são impressionados pelas riquezas, dão preferência aos mais abastados da vida. Continue lendo “Ricos em fé”

Não esperaram para saber

Salmo 106.13: Quanto tempo você leva para esquecer?

Mas logo se esqueceram do que ele tinha feito e não esperaram para saber o seu plano. Salmo 106.13

No Mar Vermelho, os israelitas viram o que Deus fez para salvá-los. Assim, “creram nas suas promessas e a ele cantaram louvores” v. 12. Mas, ao encarar o deserto, perderam a sua fé. Logo se esqueceram. Não demorou muito. Era só virar, com o mar pelas costas e o deserto pela frente, e a mente deles se tornou incrédula. Continue lendo “Não esperaram para saber”

Não temerei

O ensino da Bíblia nos dá grande confiança.

Podemos, pois, dizer com confiança: “O Senhor é o meu ajudador, não temerei. O que me podem fazer os homens?”
Hebreus 13.6

Tal confiança surge da certeza da presença de Deus conosco, v. 5. Traz com ela contentamento com o que temos. Assim, não teremos medo de qualquer ameaça que o homem pode apresentar. Continue lendo “Não temerei”

Pode ir. Pode crer.

Jesus falou, tá falado.

Então ele lhe disse: “Por causa desta resposta, você pode ir; o demônio já saiu da sua filha”. Ela foi para casa e encontrou sua filha deitada na cama, e o demônio já a deixara. Marcos 7.29-30

A mesma fé que levou a mulher siro-fenícia a procurar Jesus também a levou a deixá-lo quando ele disse que sua filha estava bem. Ela creu que Jesus tinha curado sua filha. Continue lendo “Pode ir. Pode crer.”

Para quem tem sede

João 7.37-38: Só um tipo de sede Jesus satisfaz.

No último e mais importante dia da festa, Jesus levantou-se e disse em alta voz: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva”. João 7.37-38

Quem tem sede de Deus, Jesus satisfaz. A sede significa desejo intenso de estar na presença de Deus. Continue lendo “Para quem tem sede”

Pare de duvidar

João 20.27: Precisamos ver as evidências que Jesus nos mostra.

E Jesus disse a Tomé: “Coloque o seu dedo aqui; veja as minhas mãos. Estenda a mão e coloque-a no meu lado. Pare de duvidar e creia”. João 20.27

Jesus oferece toda a evidência necessária para resolver as nossas dúvidas. A Tomé ele mostrou suas mãos, com as marcas dos pregos, e seu lado, que tinha sido perfurado com a lança do soldado enquanto ele pendurava, morto, na cruz. Continue lendo “Pare de duvidar”

Jesus ignorou as pessoas

Marcos 5.36: Faremos bem ignorá-las também.

Não fazendo caso do que eles disseram, Jesus disse ao dirigente da sinagoga: “Não tenha medo; tão-somente creia”. Marcos 5.36

Vamos acreditar no que as pessoas dizem, ou no que Jesus diz? O Senhor aceitou ir na casa de Jairo para curar sua filha. No caminho, veio a notícia da sua morte. As pessoas falaram a Jairo: “Não precisa mais incomodar o mestre” verso 35. Quer dizer, talvez curar Jesus podia, mas viam a morte como o fim das esperanças. Continue lendo “Jesus ignorou as pessoas”

Progresso e alegria na fé

Filipenses 1.25: Três verdades surgem da declaração de Paulo.

A criança que deixa de crescer preocupa os pais. A economia estagnada dificulta o mercado de trabalho. O aluno que não aprende mais vira foco do professor. Em toda área da vida, procuramos o progresso e o crescimento. Quando estes não ocorrem, buscamos medidas e soluções para sair do marasmo.

É preciso também que a fé continue a crescer na vida do cristão. O apóstolo Paulo preferia partir da vida terrena e estar com Cristo, mas ele ainda tinha trabalho para fazer. Continue lendo “Progresso e alegria na fé”

A fé em busca

Hebreus 6.11: Olhos vedados, a mente enxerga.

Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam. —Hebreus 11.6

O alvo da vida do cristão é agradar a Deus. Agradá-lo significa evitar fazer o que desagrada o Senhor e fazer o que lhe dá prazer. Deus quer que o homem se aproxime dele, pois para isso foi criado. Continue lendo “A fé em busca”