Como renovar a sua aliança com Deus

Josué 8.32, 34-35: No centro do processo, a lei de Deus.

Ao longo da vida em Cristo, chegamos a momentos em que sentimos a necessidade de parar e nos concentrar na renovação do nosso compromisso com Deus. Foi assim também com o povo de Israel, depois de 40 anos no deserto e da sua entrada na terra prometida. Continue lendo “Como renovar a sua aliança com Deus”

Consegue, sim

Os descendentes de Judá não conseguiram expulsar os jebuseus, que viviam em Jerusalém; até hoje os jebuseus vivem ali com o povo de Judá.
Josué 15.63

Se o povo de Israel conseguiu atravessar o rio Jordão em época de cheia, e se os israelitas conseguiram derrubar as muralhas de Jericó, por que não puderam expulsar os jebuseus? Continue lendo “Consegue, sim”

Deus no rio Jordão

Assim saberão que o Deus vivo está no meio de vocês e que certamente expulsará de diante de vocês os cananeus, os hititas, os heveus, os ferezeus, os girgaseus, os amorreus e os jebuseus. Vejam, a arca da aliança do Soberano de toda a terra atravessará o Jordão à frente de vocês.
Josué 3.9-10

Antes do fato, Josué conta a Israel o que vai acontecer. Declara três verdades sobre Deus: Continue lendo “Deus no rio Jordão”

Pé no pescoço

Os cinco reis foram tirados da caverna. Eram os reis de Jerusalém, de Hebrom, de Jarmute, de Láquis e de Eglom. Quando os levaram a Josué, ele convocou todos os homens de Israel e disse aos comandantes do exército que o tinham acompanhado: “Venham aqui e ponham o pé no pescoço destes reis”. E eles obedeceram.
Josué 10.23-24

Pe no pescocoJosué e o povo de Israel estavam conquistando a terra de Canaã, conforme promessa e ordem do Senhor Deus. Tinham vencido a liga dos cinco reis das cidades mencionadas acima.

Josué quer que os comandantes sintam o sabor da vitória que Deus lhes dera. Assim, criariam mais confiança ainda no poder do Senhor.

Hoje, nossa guerra não é travada contra seres humanos, mas contra as forças malignas do mundo espiritual. Não basta vencer contra elas, mas precisamos pôr o pé no pescoço.

Quer dizer, precisamos perceber quão grande vitória Deus nos dá. É importante saborear os feitos maravilhosos que ele opera em nossa vida, vencendo sobre tentações, ví­cios, hábitos nocivos e situações difí­ceis.

Nossa luta é demorada e desgastante, mas nunca devemos nos esquecer de ter colocado o pé no pescoço do inimigo.