‘Para cumprir toda a justiça’

Mateus 3.15: Jesus não questionou nenhum mandamento do Pai.

Respondeu Jesus: “Deixe assim por enquanto; convém que assim façamos, para cumprir toda a justiça”. E João concordou.
Mateus 3.15

Jesus não tinha pecado que devia confessar ou pelo qual devia receber o perdão. João batizava as pessoas que se arrependiam dos pecados. Ele reconhecia que o Senhor não tinha pecado e não tinha necessidade da imersão na água. Protestou quando Jesus se apresentou para o batismo. É compreensível seu protesto e ele tinha certa razão. Continue lendo “‘Para cumprir toda a justiça’”

Cuidado com as obras da justiça

Mateus 6.1: Faz uma diferença por que fazemos as nossas obras.

Evitem praticar as suas obras de justiça diante dos outros para serem vistos por eles; porque, sendo assim, vocês já não terão nenhuma recompensa junto do Pai de vocês, que está nos céus.
Mateus 6.1 NAA

Jesus espera que façamos obras de justiça. Ou, literalmente, praticar a “justiça”. Nossa justiça tem de ser “muito superior” que a dos religiosos, para entrarmos no reino de Deus, Mateus 5.20. O termo nos dois versos é o mesmo. Uma das maneiras, portanto, como ela (ou elas, no caso) tem de ser superior é a motivação por trás dela. Continue lendo “Cuidado com as obras da justiça”

O justo conduz à ruína

Provérbios 21.12: Mas o justo não faz mal a ninguém?

justo-ruina“Ele nunca faria mal a ninguém”. Ouve-se a frase de vez em quando sobre certas pessoas. Mas, certamente, tal pessoa não seria serva de Deus.

O justo observa a casa do perverso e conduz os ímpios à ruína.
Provérbios 21.12 A21

Algumas versões entendem que “justo” se refere a Deus, mas parece que Provérbios não usa o termo em relação ao Senhor. Recorrem a esta possibilidade, evidentemente, por causa das sensibilidades modernas que não cogitam a possibilidade do justo fazer mal a ninguém. Continue lendo “O justo conduz à ruína”

Elimine os maus!

Salmo 101.8: Para cultivar a justiça, é necessário retirar os maus.

dcon-eliminar

Sl 101. O rei, como responsável pelo bem-estar espiritual da nação de Israel, declara sua intenção de fazer valer a vontade de Deus entre o povo e de manter a lealdade e a justiça (1). Ciente da influência forte que os outros exercem, ele quer se cercar pelos fiéis e íntegros (6).

A cada manhã, destruirei todos os ímpios da terra, para eliminar da cidade do SENHOR todos os que praticam o mal.
Salmo 101.8, A21

8. A tarefa diária (NLT) do rei seria a de eliminar os maus dentro da nação. Seria algo que faria com zelo, sem descanso, dia a dia (OL).

Se o rei de Israel tinha tanto cuidado assim, quanto mais devem os supervisores retirar, sem demora, do meio das congregações pelos quais têm responsabilidade os infiéis e perversos de coração!

Cumpridor da lei

Ninguém é perfeito. Mas ainda dá pra ser justo.

obediênciaAlgumas tradições religiosas dizem que é impossível cumprir a lei. E têm razão, da perspectiva do mérito humano que prova a sua bondade a Deus, pois “ninguém é perfeito”, como tantos gostam de falar. Porém, a falta da perfeição não significa que seja impossível de obedecer à lei.

Irmãos, não falem mal uns dos outros. Quem fala mal de seu irmão, e julga ao seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei. E se você julga a lei, já não é cumpridor da lei, mas juiz dela.
Tiago 4.11 BND

Tiago espera que os cristãos sejam cumpridores da lei. Pessoas que “obedece[m] à lei”, conforme tradução da NTLH. Esta é a linguagem que ele usa, sem sentir nenhuma vergonha, sem pedir desculpas pela colocação.

Desta forma, devemos dar o devido peso às descrições de Zacarias e Isabel, pais de João, o imergidor: “E eram ambos justos diante de Deus, andando em todos os mandamentos e preceitos do Senhor sem repreensão” (Lucas 1.6).

Afinal, Jesus nos ordenou a buscar em primeiro lugar o Reino e a sua justiça (Mateus 6.33). Isso significa a mesma coisa de cumprir a lei. Significa obedecer aos mandamentos de Deus. Significa fazer a vontade do Pai (Mateus 7.21).

Não há como buscar o Reino sem buscar a justiça de Deus.

Pai justo, que eu confie em sua bondade para fazer toda a sua vontade, pelo poder dado a nós por meio do seu Espírito. Pois Jesus é a minha justiça. Amém.

Sem demora, mas sem pressa

Deus trabalha, seja o homem justo ou não.

justiça seja feitaRecém-chegado para assumir seu cargo de governador, Festo saiu da sede de governo romano da província para chegar a receber cumprimentos das autoridades religiosas em Jerusalém.

Três dias depois de chegar àquela província, Festo saiu da cidade de Cesaréia e foi até Jerusalém.
Atos 25.1 NTLH

Vendo uma oportunidade de matar Paulo, os judeus se aproximam de Festo para pedir julgamento do perseguidor que virou pregador.

Félix, que era governadar antes de Festo, tinha deixado Paulo na prisão por dois anos. Festo nada sabia a respeito do apóstolo.

A justiça precisa ser feita sem demora. Mas quando uma autoridade age precipitadamente, ou toma decisões para agradar ao povo, como Festo fez, a justiça é pervertida.

Mas Deus continua trabalhando.

 

 

Justo da parte de Deus

É justo da parte de Deus retribuir com tribulação aos que lhes causam tribulação, e dar alívio a vocês, que estão sendo atribulados, e a nós também. Isso acontecerá quando o Senhor Jesus for revelado lá dos céus, com os seus anjos poderosos, em meio a chamas flamejantes.
2 Tessalonicenses 1.6 NVI

O inferno é uma consequência necessária da justiça de Deus. Nesse mundo não há justiça entre os homens e Deus aguarda o fim para exercer a sua justiça. Não devemos esperar justiça nesse mundo da parte dos outros (embora devamos ser justos), mas os discípulos esperam a vinda de Cristo para que sejam confortados e aliviados das suas provações. Continue lendo “Justo da parte de Deus”