Grandes vitórias ao seu rei

Salmo 18.50: O louvor pela vitória que Deus deu a Davi serve melhor ainda para a vitória da Cruz.

Ele dá grandes vitórias ao seu rei; é bondoso com o seu ungido, com Davi e os seus descendentes para sempre. Salmo 18.50

O que Deus fez por Davi e os seus descendentes serviram como pequeno tipo da vitória completa que deu ao seu Filho Jesus, também descendente de Davi. Salmo 18 é um salmo de louvor ao Senhor “quando este o livrou das mãos de todos os seus inimigos e das mãos de Saul”. O salmo aparece também em 2 Samuel 22 e foi incluído na coleção dos Salmos. Continue lendo “Grandes vitórias ao seu rei”

Quantas palavras você consegue usar a respeito de Deus?

1 Crônicas 29.11: Davi amontoa palavras de louvor ao Deus cumprir suas promessas a ele.

Davi exalta o Deus que lhe deu o trono de Israel e estabeleceu sua dinastia. Continue lendo “Quantas palavras você consegue usar a respeito de Deus?”

Cantaram responsivamente ao Senhor

Na reunião cristã, é “uns aos outros”.

cânticos espirituaisPeca quem assiste um culto. Toda reunião cristã convida à participação e não à passividade. Toda reunião é participativa e não é para assistir, apenas. A audiência é Deus; a plateia, as hostes celestiais. Os cantores especiais são toda a congregação.

Com louvor e ações de graças, cantaram responsivamente ao Senhor: “Ele é bom; seu amor a Israel dura para sempre”. E todo o povo louvou ao Senhor em alta voz, pois haviam sido lançados os alicerces do templo do Senhor.
Esdras 3.11 NVI

O canto dos israelitas nesse dia foi, provavelmente, no estilo de Salmo 136, onde todos cantavam um refrão. O louvor foi feito por todos.

O problema (um entre vários problemas) de grupos especiais é que fomenta a prática de performance, de apresentações a serem assistidas, de ênfase na qualidade da música ao invés do conteúdo da letra. As congregações devem resistir ao uso dos grupos especiais para que todos possam fazer parte das reuniões.

Sejamos participantes plenos, de lábios e de coração, no louvor a Deus e nas reuniões nas quais Cristo é Senhor.

Louvor inclui mais

Naquela ocasião Jesus disse: “Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque …”
Mateus 11.25

Alguns têm o mau hábito, adquirido de certos grupos religiosos, de chamar de louvor apenas o cântico nas reuniões dos cristãos.

O louvor inclui mais do que os cânticos. A prática indica uma super-valorização dos cânticos nas reuniões.

E nem todos os cânticos são de louvor. Alguns buscam edificar aos irmãos, ensinar aos presentes e reforçar a esperança e a fé.

Jesus louvou ao seu Pai em oração. Por que, então, insistir em reservar o louvor aos cânticos? Os outros atos — oração, ceia do Senhor, oferta e pregação e ensino — também não são louvor? Por que não chamamos estes também de louvor?

Falemos como a Bí­blia fala.