Creia que pode amar como Deus ama

Mateus 5.48: Que o amor abrangente do Pai seja também o nosso.

Andrew Murray orou assim: “Ensine-nos a crer que podemos amar, porque o Espírito Santo nos foi dado”.

Não acreditamos que podemos amar como Deus amou. Duvidamos que nosso amor pode ser como o amor de Cristo. Descartamos a possibilidade do cumprimento deste mandamento de Cristo: Continue lendo “Creia que pode amar como Deus ama”

Feliz o de pensamento puro

Mateus 5.8: Será que sabemos o que este verso significa?

Conhecemos bem o verso bíblico, no início do sermão do monte, dito por Jesus, que fazem parte das bem-aventuranças:

Bem-aventurados os puros de coração, pois verão a Deus.
Mateus 5.8 NVI

Agora, lembremos que o sentido bíblico da palavra coração é diferente do uso moderno. Por isso, uma versão traduz assim: Continue lendo “Feliz o de pensamento puro”

Ação: Brilhar

Mateus 5.16: Queremos que outros vejam o poder e o amor de Deus em nós.

LER: “Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus” Mt 5.16.

PENSAR: A nossa luz é a de Deus em nós. Não queremos aparecer, Mt 6, mas sim a presença de Deus em nós. Por isso, não nos escondemos. Queremos que outros vejam o poder e o amor de Deus em nós. Assim, o glorificarão ao invés de ficar impressionados com nosso empenho. Luz representa santidade, verdade e majestade divinas, Is 60.1; 1Jo 1.5. Continue lendo “Ação: Brilhar”

Ação: Buscar

Mateus 6.33: Como fazer toda atividade servir a essa busca?

LER: “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas” Mt 6.33.

PENSAR: Buscar significa prioridade, esforço máximo e foco definido. Implica em confiança em Deus de prover o necessário, ao se dedicar tempo à busca. O reino é colocar Deus acima de tudo, “primeiro em (1) importância, (2) tempo e (3) ênfase” (Coffman). A justiça é a prática da retidão, obediência à vontade divina. Buscar é verbo forte, intenso. Continue lendo “Ação: Buscar”

Ação: Temer

Mateus 10.28: Aprenda a temer a Deus conhecendo seu caráter e sua obra.

LER: “Não tenham medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Antes, tenham medo daquele que pode destruir tanto a alma como o corpo no inferno” Mt 10.28.

PENSAR: O temor a Deus é ponto de partida em toda a Bíblia, Dt 8.6, 1Pd 2.17, o princípio da sabedoria, Sl 111.10; Pr 1.7; 9.10. Inclui respeito, reverência e medo. Mostra-se temor pela obediência a Deus. É ligado ao juízo, Ap 14.7, ao louvor, Hb 12.28, e ao evangelismo, 2Co 5.11. Continue lendo “Ação: Temer”

Ação: Ensinar

Mateus 28.20: Torne-se apto, o mais rápido possível, de ensinar a verdade.

LER: “ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei” Mt 28.20.

PENSAR: O ensino é processo pelo qual se torna conhecida a vontade de Deus e todos os mandamentos de Cristo, contidos nas Escrituras. Pelo conhecimento destas, torna-se apto de ensinar, 2Tm 3.16-17. A matéria já é definida, e também o objetivo, o de obedecer a Cristo. Para aprender a atitude correta de temor a Deus é necessário ensinar, Sl 34.11; Pr 22.19. Continue lendo “Ação: Ensinar”

Ação: Servir

Mateus 23.11: O seguidor de Jesus procura oportunidades para servir.

LER: “O maior entre vocês deverá ser servo” Mt 23.11.

PENSAR: No corpo de Cristo, os valores são invertidos. A religião falsa procura títulos, posições e honras. O seguidor de Jesus procura oportunidades para servir, necessidades para satisfazer. Desejo de ser importante gera brigas; desejo de servir, a paz. Continue lendo “Ação: Servir”

Ação: Reunir-se

Mateus 18.20: Mostre a prioridade do reino reunindo-se com a igreja.

LER: “Pois onde se reunirem dois ou três em meu nome, ali eu estou no meio deles” Mt 18.20.

PENSAR: “Igreja” significa reunião ou assembleia. Os santos se reúnem regularmente para adorar a Deus, edificar-se uns aos outros no Espírito e ensinar a Palavra de Cristo. Na reunião, encontramos o perdão e a ação unificadora. Por isso, não é opção, Hb 10.23-27. Continue lendo “Ação: Reunir-se”

Ação: Confessar

Mateus 10.32: Confessamos Jesus perante todos.

LER: “Quem, pois, me confessar diante dos homens, eu também o confessarei diante do meu Pai que está nos céus” Mt 10.32.

PENSAR: A confissão de Cristo serve dois propósitos: a declaração pública da pessoa que assume compromisso com Jesus, feita geralmente pela primeira vez na imersão, e o anúncio da salvação de Deus perante as pessoas. Quem não o confessa não é digno dele. Continue lendo “Ação: Confessar”

Ação: Ouvir

Mateus 15.10: Podemos e devemos ouvir e entender a palavra de Cristo.

LER: “Jesus chamou para junto de si a multidão e disse: ‘Ouçam e entendam’” Mateus 15.10.

PENSAR: Sem ouvir a Boa Nova, não há salvação. É possível ouvir e entender. Não é difícil demais. Jesus fala a mensagem à multidão. É para todos ouvirem, e não um grupo seleto. Todos temos a responsabilidade de ouvir e entender. Seremos julgados pelo ouvir. Continue lendo “Ação: Ouvir”