Ordenaram que não falassem mais

Atos 5.40: Não controlamos reações. Decidimos obedecer a Jesus.

Eles mandaram chamar os apóstolos e, depois de os açoitarem, ordenaram que não falassem mais no nome de Jesus. Depois disso, deixaram que fossem embora.
Atos 5.40

Desde o início, a fé encontrou resistência. O evangelho desafia interesses ao chamar todos ao arrependimento e oferecer Cristo como o único caminho. Continue lendo “Ordenaram que não falassem mais”

Abra o caminho, ó Deus!

Salmo 5.8: O que significa aplainar o caminho de Deus?

Se as promessas dos falsos mestres que pregam prosperidade e saúde se realizassem, todos seriam cristãos. Se o Caminho fosse fácil, quem não se tornaria seguidor de Cristo?

Então, a tradução duma versão bíblica sugerindo que Deus torne fácil o caminho não contribui para entender a oração do Salmo 5.8: Continue lendo “Abra o caminho, ó Deus!”

Ganhou a causa junto ao governo

O governo tem seu trabalho, e o povo de Deus tem a obra de Deus. Assim, a igreja ganhará a causa.

Inscrição de Gálio
Inscrição menciona Gálio

Os judeus tentavam com Gálio o que seus irmãos fizeram com Pilatos alguns anos antes. Mas desta vez não tiveram sucesso.

Quando Paulo ia falar, Gálio disse aos judeus: –Judeus, se isso fosse alguma falta grave ou um grande crime, seria justo que eu tivesse paciência para escutá-los. Mas, como é só uma questão de palavras, de nomes e da própria lei de vocês, resolvam vocês mesmos. Eu não vou ser juiz nesses assuntos.
Atos 18.14-15, NTLH

Lucas mostra no livro de Atos uma despreocupação, e até uma certa benevolência, da parte do império romano para com o Caminho. Embora não fosse mera questão de palavras, a disputa que os judeus tiveram com os cristãos não representava ameaça aos olhos dos governantes.

De certa forma, então, os cristãos, mesmo não tendo oportunidade nesse momento de fazer defesa, ganharam a causa e tiveram liberdade de continuar pregando o evangelho.

Paulo disse a respeito da relação do cristão com o governo: “Somente os que fazem o mal devem ter medo dos governantes, e não os que fazem o bem. Se você não quiser ter medo das autoridades, então faça o que é bom, e elas o elogiarão” (Romanos 13.3 NTLH).

Deixe que o governo faça o seu trabalho, e façamos nós a obra de Deus.

Alegres e Dignos

Os apóstolos saí­ram do Sinédrio, alegres por terem sido considerados dignos de serem humilhados por causa do Nome.
Atos 5.41 NVI

Poucos meses antes, onze homens correram para salvar a sua pele. Agora, encaram o mais alto tribunal do seu povo com coragem.

Antes, amedrontaram-se com a idéia do sofrimento fí­sico. Agora, submeteram-se aos açoites com alegria.

O que fez a diferença?

Eles tinha visto seu Mestre ressuscitar dos mortos. Olharam enquanto ele subia aos céus para sentar-se í  direita do seu Pai.

Sabiam que as inconveniências desta vida nada são comparadas com a glória que os esperavam, com o poder do seu Soberano.

Acima de tudo, amavam aquele que deu sua vida por eles. E estavam dispostos a dar a vida deles por ele.

Eis a diferença.

Na luta

Na luta contra o pecado, vocês ainda Não resistiram até o ponto de derramar o próprio sangue.
Hebreus 12.4

Os leitores dessa carta estavam sendo perseguidos pela sua fé. Mas ninguém entre eles ainda tinha morrido por ser cristão.

Ainda. Dias mais difí­ceis podiam vir. E já estavam pensando em abandonar Cristo.

Mas Cristo resistiu até o ponto de derramar o próprio sangue.

E se o Mestre o fez, Não deve também fazer o discí­pulo?

Hoje, sofremos pouca oposição da parte dos outros. A nossa luta é contra a própria inércia, vontade ou egoí­smo.

Deixamos de iniciar ou desistimos pelas coisas mí­nimas.