Jesus chorou sobre a cidade de Jerusalém

Lucas 19.41: A maioria recusará a oferta da salvação.

Quando se aproximou e viu a cidade, Jesus chorou sobre ela …
Lucas 19.41

Por sua brevidade, o verso de João 11.35: “Jesus chorou”, tem chamado atenção, e mais ainda por ter sido interpretado como expressão do amor de Jesus pelos seu amigo Lázaro. Continue lendo “Jesus chorou sobre a cidade de Jerusalém”

Deveriam desejar a palavra de Deus

1 Pedro 2.1-3: Para a falta do crescimento espiritual, tem uma única solução.

Portanto, deixem de lado toda a maldade, assim como a astúcia, a hipocrisia, a inveja e todos os tipos de falatórios maldosos. Como nenês recém-nascidos, vocês deveriam desejar o puro leite espiritual, para que por ele possam crescer e ser salvos, uma vez que “vocês já experimentaram a bondade do Senhor”. —1 Pedro 2.1-3 VFL

O leite espiritual se refere à palavra de Deus, mencionada no final do capítulo anterior. A fome do nenê é urgente. Não aceita adiamento. Tem que ser agora. Continue lendo “Deveriam desejar a palavra de Deus”

Poucos são escolhidos

Jesus reitera o que falou no sermão do monte.

“Pois muitos são chamados, mas poucos são escolhidos”.
Mateus 22.14

Jesus falou estas palavras no final da parábola do banquete de casamento. Ilustrou o que tinha falado no sermão do monte: poucos serão salvos, Mateus 7.13-14. Deus quer que todos sejam salvos, mas poucos aceitam o chamado. Continue lendo “Poucos são escolhidos”

Todas as coisas possíveis

Marcos 10.27: Com esse olhar e essa resposta, quem ousa contrariar?

Jesus olhou para eles e respondeu: “Para o homem é impossível, mas para Deus não; todas as coisas são possíveis para Deus”.
Marcos 10.27

Jesus responde a uma pergunta dos discípulos: “Neste caso, quem pode ser salvo?” v. 26. A pergunta surgiu depois do jovem rico recusar a seguir Jesus e depois de o Mestre repetir a dificuldade de um rico entrar no reino de Deus. Continue lendo “Todas as coisas possíveis”

Crie a oportunidade da fé

Lucas 19.5: Jesus não era passivo e nem o é seu povo.

Quando Jesus chegou àquele lugar, olhou para cima e lhe disse: “Zaqueu, desça depressa. Quero ficar em sua casa hoje”.
Lucas 19.5

Dizem que a oportunidade bate na porta apenas uma vez. A frase quer dizer que temos que reconhecer a oportunidade quando aparece e aproveitar o momento, pois não teremos outra chance. Continue lendo “Crie a oportunidade da fé”

‘Quem crer e for batizado’

Marcos 16.16: Podemos saber com certeza o que fazer para receber a salvação.

Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado. Marcos 16.16

Depois de dar ordem para pregar a Boa Nova no mundo todo, a todas as pessoas, Jesus manda o que se deve falar, qual o conteúdo da pregação, a resposta que as pessoas devem dar para acolher a mensagem. Continue lendo “‘Quem crer e for batizado’”

Autor da salvação gloriosa

Hebreus 2.10: O plano de Deus é bem descrito nesses termos.

Ao levar muitos filhos à glória, convinha que Deus, por causa de quem e por meio de quem tudo existe, tornasse perfeito, mediante o sofrimento, o autor da salvação deles. Hebreus 2.10

O Novo Testamento utiliza muitas maneiras de descrever o objetivo de Deus ao prosseguir com seu plano de redenção. Uma das frases mais belas é levar muitos filhos à glória. Um autor chamou este verso “a afirmação fundamental” do livro de Hebreus (NCBC). Continue lendo “Autor da salvação gloriosa”

Batismo necessário para ser salvo

Nas coisas de Deus, o diabo quer confundir a nossa cabeça. Usa argumentos falsos. Apresenta caminhos errados como sendo bons. No lugar da fé, semeia dúvida. Revira todo o sistema da salvação. Inventa religiões falsas e denominações para as pessoas seguirem, ao invés de andarem no Caminho de Cristo.

Uma das suas artimanhas: trocar a “porta” de entrada no reino de Deus por outra. Ele cria uma realidade alternativa, bem ao modo do filme “Matrix”: a pessoa acha que está no mundo real, mas suas atividades mentais estão sendo controladas. Continue lendo “Batismo necessário para ser salvo”

‘Pensaram que haviam obtido o que desejavam’

Atos 27.13: Enganam também as circunstâncias.

Não somente enganam as aparências como também as circunstâncias. Interpretamos momentos como sendo favoráveis aos nossos planos, para logo enfrentar a tempestade que tudo destrói. Continue lendo “‘Pensaram que haviam obtido o que desejavam’”