Batismo necessário para ser salvo

Nas coisas de Deus, o diabo quer confundir a nossa cabeça. Usa argumentos falsos. Apresenta caminhos errados como sendo bons. No lugar da fé, semeia dúvida. Revira todo o sistema da salvação. Inventa religiões falsas e denominações para as pessoas seguirem, ao invés de andarem no Caminho de Cristo.

Uma das suas artimanhas: trocar a “porta” de entrada no reino de Deus por outra. Ele cria uma realidade alternativa, bem ao modo do filme “Matrix”: a pessoa acha que está no mundo real, mas suas atividades mentais estão sendo controladas. Continue lendo “Batismo necessário para ser salvo”

‘Pensaram que haviam obtido o que desejavam’

Atos 27.13: Enganam também as circunstâncias.

Não somente enganam as aparências como também as circunstâncias. Interpretamos momentos como sendo favoráveis aos nossos planos, para logo enfrentar a tempestade que tudo destrói. Continue lendo “‘Pensaram que haviam obtido o que desejavam’”

Ação: Saber

Marcos 16.16: Podemos saber com certeza sobre a salvação

Nota: Nas próximas semanas, faremos neste espaço a série: “52 ações do discípulo de Cristo”. Que seja instrutivo e edificante para você.

LER: “Quem crer e for imerso será salvo” Marcos 16.16 BND.

PENSAR: Quem obedecer ao mandamento do Senhor Jesus sabe que está salvo, conforme a sua promessa. A salvação se baseia, não nos sentimentos, mas na realidade da sua oferta e na possibilidade de verificarmos se somos salvos ou não. Ver 1 João 5.13. Podemos ter certeza da salvação quando obedecemos conforme Jesus ordenou.

AGIR: Verificar se entendi o que eu fiz para receber de Cristo a salvação e comparar com o ensino bíblico.

ORAR: Pai celestial, obrigado pela minha salvação e pela clareza do que é necessário para recebê-la.

PERGUNTAR: Quem mais precisa saber sobre a salvação?

Se, a fim de comparar o que fez no princípio para receber o evangelho, você gostaria de receber uma série de perguntas de avaliação, favor nos enviar email para saber@simples.fastmail.fm.

Alcançando a glória de Cristo

2 Tessalonicenses 2.14: O processo já começou. Esta visão traz prazer.

Falamos da vida, em geral, em termos de conquistar desafios, alcançar metas, conseguir empregos ou bolsas de estudo, assumir responsabilidades ou compromissos. No âmbito espiritual, pode-se resumir o grande objetivo de vida como o alcançar a glória de Cristo. Continue lendo “Alcançando a glória de Cristo”

A parte de Deus e a parte do homem na salvação

2 Tessalonicenses 2.13: Deus fez a sua parte, a maior; devemos agora fazer a nossa.

Devemos tomar cuidado ao falar que, no evangelho, existem a parte de Deus e também a parte do homem, para não passar a impressão de que as duas partes sejam iguais. A obra maior, a de providenciar a salvação, é de Deus. A obra menor, do homem, é a de aceitá-la. Continue lendo “A parte de Deus e a parte do homem na salvação”

Peça a ajuda de Deus somente depois

Salmo 50.15: Promessa maravilhosa, com uma condição.

Quando chamamos a Deus ao sermos afligidos, tem de haver preparação. Note nessa versão o “Depois”. Tem de acontecer algo antes. Temos que tomar uma postura, fazer uma mudança, antes que Deus nos liberte, mas a promessa continua em pé: Continue lendo “Peça a ajuda de Deus somente depois”

Repita

Salmo 124.1-3: Um convite para lembrar a obra de Deus.

recitar-obra-deusJá ficou com uma canção na cabeça e a repetia sem parar? Depois de um tempo, começa a irritar, porque é um pensamento ou música aleatória.

Por isso, é preciso pensar e repetir coisas bem planejadas, bem pensadas e bem verdadeiras. Continue lendo “Repita”

E ele os curou

Mateus 4.23-24: Da mesma forma, ele nos salva.

A Boa Nova é ilimitada no seu poder de transformar. Deus perdoa, faz nascer de novo, transfere de uma hora para outra do reino das trevas para o seu reino de luz. Da mesma forma que as curas de Jesus foram instantâneas, a ação espiritual de Deus é imediata.

Jesus foi por toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas deles, pregando as boas novas do Reino e curando todas as enfermidades e doenças entre o povo. Notícias sobre ele se espalharam por toda a Síria, e o povo lhe trouxe todos os que estavam padecendo vários males e tormentos: endemoninhados, epiléticos e paralíticos; e ele os curou.
Mateus 4.23-24 NVI

Não houve nada de médico, de tratamento, de recuperação, de melhora gradativa. Levaram a Jesus os doentes e ele os curou. Com um simples toque, com uma palavra apenas, Jesus restaurou-lhes a saúde perfeita.

Estas curas físicas nos apontam a natureza da cura espiritual.

Na imersão da pessoa que desce na água com fé e decisão de servir ao Deus vivo, a restauração espiritual é imediata. A transferência é feita na hora. O perdão é instantâneo. Nasce um filho de Deus.

Precisamos aprender a viver a nova vida, mas esta vida não é menos real por isso.

O Senhor nos salvou com a palavra, nos redimiu pelo sangue de Jesus Cristo, cuja ação é eficaz, e nele nos alegramos eternamente.

Segure essa ideia: Salva Deus ao estalar dos dedos, / Com vida nova, vence nossos medos.

 

Voando sobre as asas do vento

Salmo 18.9-10: Linguagem impressionante descreve a salvação de Deus.

Com linguagem quase apocalíptica, no Salmo 18 o rei Davi descreve a libertação dos seus inimigos por parte do Senhor. Esse salmo extenso, de 50 versos, é o primeiro deste tamanho, após 17 salmos pequenos, nenhum maior do que 20 versos, a fim de exaltar a Deus pela sua salvação.

Os céus ficaram mais baixos com núvens escuras de tempestade, e sobre elas ele vinha descendo em direção à terra. Levado por um querubim, ele se aproximou rapidamente, voando sobre as asas do vento.
Salmo 18.9-10 NBV

#1. Deus tem focos de trabalho: no seu rei escolhido, no seu povo. Ele salva e abençoa para estender sua salvação e bênção a todos os que o recebem. A pessoa de Davi serviu como tipo do Messias que viria mais tarde.

#2. Esta linguagem dramática serve para atribuir a Deus todas as vitórias que o rei tinha sobre os seus inimigos. Ressalta o entendimento de Davi sobre o autor das suas vitórias na sua situação desvantajosa.

#3. A grande lição: “Deus é fiel para com o fiel. (…) Salva os humildes, mas humilha os orgulhosos” (versos 25, 27). Ele responde às súplicas do seu povo obediente por libertação.

Davi pinta este quadro para quem ainda não conseguiu enxergar. Para alguns Davi teve um reinado turbulento e problemático. Para Davi, foi uma sequência de salvamentos pelo Senhor, todos os quais apontam a mão de Deus sobre ele.

Que eu veja com clareza a agitação de céu e terra embaixo da sua mão, por causa da salvação que traz ao seu povo. Louvado seja o Senhor!

Segure essa ideia: Vem Deus do céu seu povo salvar, / secando o mais profundo mar.