Se Deus é amor, ele não pode odiar, certo? Errado!

Salmo 11.5: Num site de mídia social, publiquei um link a uma oração minha. O intuito da oração: “Odeio as coisas que Deus odeia”. Uma pessoa rejeitou a ideia do ódio de Deus Respondi desta forma:

Num site de mídia social, publiquei um link a uma oração minha. O intuito da oração: “Odeio as coisas que Deus odeia”.

Uma pessoa rejeitou a ideia do ódio de Deus. Deus é amor — disse ela — e o ódio é o oposto do amor.

Respondi desta forma:

Olá, parece estranho, não é? Mas a Bíblia afirma o ódio de Deus.

O Senhor prova o justo,
mas o ímpio e a quem ama a injustiça,
a sua alma odeia.
Salmo 11.5 NVI

Há coisas e pessoas que Deus não ama, no sentido de que ele não as aceita. Estas, por causa das suas atitudes, são detestáveis a ele.

Seu ódio não é semelhante ao dos homens. Provavelmente, é por isso que reagimos contra a ideia. O ódio de Deus é informado e direcionado pela sua santidade.

Na sua primeira carta, o apóstolo João afirmou que Deus não é amor somente, mas luz também. Nesse contexto, luz representa sua glória, sua verdade e sua santidade.

É importante afirmarmos estas duas verdades ao mesmo tempo. Se não, nossa compreensão de Deus será distorcida.

Importante, também, é saber o que Deus ama e as coisas e pessoas que ele odeia. Pois não quero cair neste grupo.

5 pensamentos em “Se Deus é amor, ele não pode odiar, certo? Errado!”

  1. Amém. Eu também não quero.
    Estamos estudando os profetas menores e surgiu algo parecido em relação a Vingança de Deus. Então vemos em Miquéias 5:15
    “Com ira e indignação me vingarei das nações que não me obedeceram”. NVI.
    Na turma ouve alguma pequena discussão sobre o assunto, porém chegamos a um consenso que a Vingança de Deus é diferente da dos homens(essa movida pelo ódio, pelo rancor, pela falta de amor e perdão), porém a de Deus contra os que desprezam o conhecimento sejam eles judeus ou gentios. Ainda hoje se nós desprezarmos o conhecimento de Deus o final será a morte eterna.

  2. É isso mesmo, Madson! A gente acaba julgando Deus pelas nossas próprias reações. Devemos lembrar que ele é muito maior, perfeito em santidade, completo na retidão, e não reage conforme os humanos. Valeu o comentário!

  3. O ódio de Deus é sobre os homens que não querem obedecer a ele, mesmo conhecendo seu amor desprezam o que é justo e correto.

    Colossenses 3:5-7
    Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria.
    É por causa dessas coisas que vem a ira de Deus sobre os que vivem na desobediência,
    as quais vocês praticaram no passado, quando costumavam viver nelas.

  4. Nunca tinha pensado nisto, antes. É de se colocar as barbas de molho, como diriam os profetas. Muito bem colocado: que o ódio de Deus é direcionado e informado pela Sua Santidade. Deus é santo e quer que também sejamos santos.

  5. Amém, Cleusa, como disse alguém: Deus não quer que sejamos felizes, quer que sejamos santos. Obviamente, a santidade nos trará a alegria divina. Obrigado pelo comentário!

Deixe uma resposta