Quem é de Deus venceu

I João 4.4: O óbvio deixa de ser óbvio quando escutamos a vozes ou mal informadas ou mal intencionadas.

O óbvio deixa de ser óbvio quando escutamos a vozes ou mal informadas ou mal intencionadas. Foram as últimas que estavam berrando no primeiro século quando João escreveu sua primeira carta, deixando confusos os verdadeiros filhos de Deus.

Filhinhos, vocês são de Deus e os venceram, porque aquele que está em vocês é maior do que aquele que está no mundo.
1 João 4.4

Desculpe-me por bater tanto nessa tecla, mas Deus está em nós quando obedecemos à palavra de Cristo, Jo 14.23. Em mundo dissoluto e perverso (como sempre foi), que se entrega de modo desenfreado às paixões carnais e aos prazeres pessoais, os seguidores de Cristo fazem a vontade de Deus e recebem no seu interior a presença do Senhor.

Por meio dessa habitação o poder dele atua para nos dar a vitória. Se não temos a vitória (repare: o verbo vencer está no tempo passado!), precisamos perguntar a razão. É bem capaz que ainda estamos nos rebelando contra a obediência completa ao Senhor. Em que área estamos ainda nos recusando a submeter-nos à sua vontade?

Ou talvez não reconheçamos a natureza dessa vitória. Ela não é a liberdade das provações e dos sofrimentos, nem uma situação material e corporal confortável. A vitória não consiste no conforto físico! Temos vitória quando nosso coração está seguro em Deus e a paz espiritual nos possui, mesmo quando as tempestades da vida jogam o pior sobre nossas cabeças.

Entramos na vitória porque Deus é maior do que o Maligno e porque ele está presente reinando em nós.

Deixe uma resposta