Ele era muito bem informado

A razão do seu mover determina o nível do seu saber.

No exercício da sua função oficial, o governador Félix sabia a respeito do cristianismo. Mas este conhecimento não fazia diferença na sua vida pessoal.

Félix (…) era muito bem informado no que concerne ao Caminho.
Atos 24.22a BJ

Félix falava muito com Paulo, mas não porque queria seguir a Cristo. Queria dinheiro.

Nós, que supostamente temos tanto interesse nas coisas eternas, devemos conhecer muito bem o Caminho e o seu autor.

Mas muitos desconhecem até os dados básicos da fé. A ignorância da Bíblia entre os que professam Cristo é geral.

Um pagão sabia muito mais sobre o Caminho, por motivos políticos e sórdios, do que muitos que se chamam de cristãos.

Estes faltam, portanto, um porquê grande o suficiente para motivá-los a um conhecimento profundo das coisas de Deus.

As motivações fazem toda a diferença.

Deus que sabe todas as coisas, obrigado por nos revelar seu plano em Cristo. Que sejamos conhecedores dele por causa de nosso desejo de estar na eternidade com o Senhor.

Segure este pensamento: O porquê faz a diferença entre informações e conhecimento.

Deixe uma resposta