O meu ensino não é de mim mesmo

João 7.16: O ensino de Jesus veio do Pai; o nosso, do Senhor.

Jesus respondeu: “O meu ensino não é de mim mesmo. Vem daquele que me enviou”. João 7.16

Por mais importante que seja mostrar amor às pessoas, não se pode ignorar o conteúdo do que é falado. De fato, o conteúdo correto é sinal do amor.

Jesus respondeu a uma questão do povo, que ficava maravilhado com seu ensino, sem ele ter estudado formalmente nas escolas rabínicas de teologia. Seu ensino era verdadeiro e poderoso. Era perceptivelmente superior ao ensino das autoridades religiosas da época. Possuía simplicidade e precisão. Como ele conseguia ensinar dessa forma?

Na sua resposta, Jesus remete o povo ao Pai celestial. Afirma ensinar somente o que veio de Deus. Reconheceu que tinha como incumbência repassar o que tinha recebido daquele que o enviou.

Como Jesus tinha sido enviado pelo Pai, somos por Jesus enviados. Como seu ensino veio do Pai, nosso ensino vem de Jesus. Da mesma forma que o ensino de Jesus impressionava, o nosso também impressionará pela simplicade, pela precisão, pelo poder. E como o seu ensino suscitava oposição, o nosso também gerará rejeição e perseguição.

O ensino de muitos tem origem nas próprias ideias. Mas o ensino que liberta e salva vem de Jesus. Busquemo-no na palavra do Senhor, para não somente impressionar, mas sim salvar eternamente.

Ouvimos, Pai, a sua palavra, para obedecê-la e proclamá-la.

Deixe uma resposta