A Escritura merece degustação

A lei divina é objeto do amor.

A Escritura não apenas oferece um versículo para ler num dado momento do dia para depois deixar de lado. Ela merece degustação. Cada palavra tem significado. Cada frase carrega poder.

Deus é bom e tudo o que ele dá traz benefício.

Devemos ter uma reação à sua bondade, o amor por tudo o que ele faz e não menos à Escritura, pois a palavra dele é vida.

“Como eu amo a tua lei! Medito nela o dia inteiro”.
Sl 119.97 NVI

Lei de homem e a de Deus são duas coisas bem distintas. A lei de Deus sempre é motivo de alegria, pois nos mostra o caráter dele e como nos aproximar dele em retidão.

Deixe uma resposta