Esta felicidade

Enquanto o mundo procura a alegria na imoralidade, na bebedeira e na perda dos sentidos, poucos sabem que a felicidade maior e duradoura está em ter os pecados perdoados.

Depois de citar do Salmo 32, Paulo afirma que esta felicidade é oferecida para todos os que depositam sua fé em Deus, fé essa que rejeita a perversidade carnal e converte-se para servir ao Deus vivo e verdadeiro.

Destina-se esta felicidade apenas aos circuncisos ou também aos incircuncisos? Já dissemos que, no caso de Abraão, a fé lhe foi creditada como justiça.
Romanos 4.9

A alegria do mundo não só é passageira, mas depois traz profundas tristezas.

A felicidade no perdão dos pecados não tem contra-indicações. Só faz bem.

Qual é que você escolhe?

Deixe uma resposta