Estarei sempre com vocês

Jesus promete estar presente para a realização da obra.

E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos.
Mateus 28.20b

Jesus estava prestes a subir aos céus quando deu aos discípulos a Grande Comissão. Não o viriam mais na carne. Ele não andaria mais fisicamente no seu meio. Mas ele não seria ausente. Por meio do Espírito Santo por ele enviado, ele continuaria presente com os seguidores.

Assim, ele lhes dá conforto, mas mais do que isso, ele os lembra que o poder de realizar a obra não viria deles, mas do próprio Cristo. Sua presença com eles garante o poder do Pai para cumprir a missão.

O “sempre” de Jesus pressupõe a obediência completa ao Senhor. Se não fazemos o que ele ordena, não podemos contar com sua presença. Mas o “sempre” não é dado como ameaça, e sim como incentivo e motivação. Não há lugar onde ele não acompanha, nem momento em que ele se ausente.

Vivemos pela promessa de Cristo. Nele confiamos. Agimos na certeza de que ele realizará tudo o que prometeu. Nada de pensamentos tais com: “Será que esse negócio realmente vai dar certo?”. Tão certa como a transformação da nova criação é a comissão da mensagem da salvação.

Um sinal de que a Grande Comissão tem validade permanente para a igreja de Deus hoje é o tempo de permanência de Cristo, até o fim dos tempos. Alguns dizem que a Grande Comissão não é para a igreja hoje, porque foi cumprida no primeiro século. Que seja cumprida em todos os séculos, e especialmente em nosso!

Pai, obrigado pela promessa de Jesus. Dê-nos confiança!

Deixe uma resposta