Então o que devemos fazer?

Romanos 6.15: A lei já foi. Fica a obediência.

Ter a graça de Deus permite que vivamos de qualquer forma? Muitos ensinam e pensam assim. Dizem que não faz diferença o que fazemos, depois de confessar Cristo. Mas a Bíblia não ensina nada disso.

Então o que devemos fazer? Devemos pecar porque vivemos debaixo da graça de Deus e não da lei? De maneira nenhuma!
Romanos 6.15 VFL

Paulo escreve, em parte, a pessoas que usavam a lei (de Moisés) para tentar ser boas o suficiente perante Deus de modo a se recomendarem como candidatos à salvação. Esta tentativa torceu o propósito da lei. Mas a lei em si foi tirada por Cristo como meio de se relacionar com Deus.

Estar sem lei, porém, não nos permite viver de qualquer jeito. A seguir, Paulo deixa claro que a obediência é essencial para sermos declarados justos perante Deus, verso 16.

Não podemos provar a nossa bondade a Deus — até porque, nada temos de bom. Podemos sim obedecer a Deus. Isso ele exige para a nossa salvação.

O que devemos fazer então? Tomar a decisão de submeter-nos às ordens de Cristo, ao invés de entregar-nos ao pecado, para nossa morte espiritual e eterna.

1 pensamento em “Então o que devemos fazer?”

Deixe uma resposta