O Filho protege os filhos

1 João 5.18: Não enfrentamos sozinhos o Maligno.

Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não está no pecado; aquele que nasceu de Deus o protege, e o Maligno não o atinge.
1 João 5.18

João conclui a sua primeira carta com três verdades que os cristãos sabem. A primeira: Deus protege seus filhos. Eles não enfrentam sozinhos a oposição. O poder de Deus nos deixa certos do sucesso.

O cristão pode tropeçar mas não é vencido. Ele pode errar mas não desiste. Ele não vive na prática no pecado. Não somos mais os escravos do pecado. Não é o mais nosso âmbito de atuação.

O termo proteger significa guardar ou preservar. É usado literalmente para guardar presos, Atos 12.5. João usa o termo sete vezes na sua primeira carta.

Se o cristão guarda os mandamentos, Deus guarda o cristão.

Deus protege seu filho por meio do seu Filho. Se somos os nascidos de Deus, então o Nascido de Deus nos protege.

Deus é meu Pai? Já nasci da água-Espírito, imerso para ter os pecados perdoados? Estou engajado na luta contra o pecado? Estou compromissado à pureza de Deus? Estou certo da sua proteção?

Deus eterno, sinto seguro na sua proteção. Eu te louvo pela sua promessa. Tenho experiência dos seus cuidados. Não me deixe cair em tentação.

Deixe uma resposta