‘Eu fiz todos eles para minha glória’

Isaías 43.7: Deus usará o remanescente para sua glória.

Tragam a mim todos os que são meus,
as pessoas que têm o meu nome.
Eu fiz todos eles para minha glória,
Eu formei todos eles, e eles são meus.
Isaías 43.7 VFL

O Senhor queria restaurar Israel à sua terra e à sua posição, para que o mundo visse a sua glória e dela participasse. A nação tinha sido chamada para ser luz às nações, Is 42.6; 51.4. O povo fracassou na sua missão de forma completa. Deus destruiu a maior parte deles. Pelo remanescente e, no final, pelo servo do Senhor que viria—Jesus Cristo—ele finalmente cumpriria seu propósito da redenção.

A glória de Deus é a manifestação da sua pessoa majestosa. Ele quer conduzir todos a participar dela. Para isso, ele usa, hoje, a igreja para proclamá-la, 1Pe 3.9.

A igreja é aquele povo a quem tem sido dado o Reino de Deus, depois de este ter sido tirado de Israel por sua perfídia, Mt 21.43.

Temos, como a igreja de Deus, profunda responsabilidade para cumprir fielmente essa missão de redenção pela divulgação da mensagem de Cristo. Não importa quantas obras boas fazemos, aos nossos olhos. Fomos incumbidos de ensinar o evangelho a todos, e mais nada.

A falha nesse ponto trará a rejeição de Deus. Como disse o apóstolo Paulo: “Ai de mim se não anunciar as Boas Novas!” 1Co 9.16 VFL.

Deixe uma resposta