Hitler, Stalin e Mao

Ai deles! Segue o mesmo caminho de Caim. Por causa de dinheiro, eles se entregaram ao mesmo erro de Balaão. E, como Coré se revoltou no deserto e foi destruído, eles também se revoltaram e foram destruídos.
Judas 11 BLH

Junte os nomes dos homens mais terríveis, cuja menção provoca horror e repúdio. Hitler. Stalin. Mao. A revolta que sentimos com estes é perto do que os judeus sentiam quando se falava dos rebeldes do Antigo Testamento.

Caim matou o próprio irmão. Balaão vendeu seu serviço de profeta por dinheiro, e isso contra Israel. Coré tentou derrubar a liderança de Moisés. Homens ruins para um povo que conhecia de cor sua história.

Os falsos profetas no meio do povo eram agradáveis, elogiavam a todos, participavam das refeições da comunidade, estavam sempre presentes no meio da igreja.

Na superfície, somente o positivo. Por baixo dos panos, porém, decadência e podridão.

Aplicando a eles os nomes dos piores dos piores do Antigo Testamento, Judas quer que seus leitores sintam o nojo para com os falsos mestres, ao invés de serem por eles influenciados.

1 pensamento em “Hitler, Stalin e Mao”

  1. Podemos também juntar aos nomes dos personagens bíblicos citados, Caim, Balaão e Coré, além é claro dos personagens da história mundial, Hitler, Stalin e Mao, os nomes do rei Acabe, sua esposa Jezabel e do rei Acazias, filho de Acabe e Jezabel. Acabe um rei mimado que se uniu a uma pagã (Jezabel), permitindo que ela o manipulasse em prol da inclusão da adoração a deuses falsos, como Baal, pela nação israelita – o povo de Deus. Jezabel, que estava por trás da inclusão da idolatria em Israel, era manipuladora e perversa, usando seu fraco marido, o rei Acabe, para por em prática seus planos diabólicos; um deles o assassinato de Nabote, o jezreelita, em 1 Reis 21. E por fim, o rei Acazias, filho de Acabe que continuou permitindo a idolatria em Israel, como também insultou sobremaneira a Deus, consultando um deus pagão, Baal-Zebube, deus de Ecrom, sobre uma possível cura de sua enfermidade; ao passo de Deus mandar o profeta Elias – Seu fiel escudeiro dizer: “Porventura, não há Deus em Israel, para irdes consultar Baal-Zebube, deus de Ecrom?” (2 Reis 1:3). Baal-Zebube significava literalmente “o senhor das moscas”. Você deixaria de consultar a Deus se estivesse em perigo de morte para consultar um “senhor das moscas”? Pode acreditar, o rei de Israel, Acazias, foi capaz desta proeza. “Porventura, não há Deus em Israel,?…” Porventura não há um Deus único para muitos e milhares fiquem consultando, buscando e seguindo a ídolos, deuses falsos e a homens? “Assim, ao Rei eterno, imortal, invisível, Deus único, honra e glória pelos séculos dos séculos. Amém!” (1 Timóteo 1:17).

Deixe uma resposta