Hoje vimos coisas extraordinárias

“Todos ficaram atônitos e glorificavam a Deus, e, cheios de temor, diziam: ‘Hoje vimos coisas extraordinárias'”.
Lucas 5.26

Quando Jesus perdoou os pecados do paralítico, foi criticado. Mas ao verem o homem, curado, andando, as testemunhas glorificavam a Deus e exclamaram que tinham visto algo extraordinário.

Em seguida, Jesus chama Levi para segui-lo e vêm somente críticas, nada de louvores.

O versículo acima termina o trecho sobre o paralítico, mas será que Lucas não queria que o leitor exclamasse assim sobre o chamado de Levi?

Pois qual é mais maravilhoso, perdoar pecados, redimir uma vida, fazer com que o homem ricaço deixe sua renda para acompanhar o Senhor, ou restaurar o corpo de um homem? Não seria o primeiro caso?

Hoje, as coisas não mudaram muito. Ficamos impressionados com o material, ao mesmo tempo que o espiritual passa despercebido.

O que impressiona você?

2 pensamentos em “Hoje vimos coisas extraordinárias”

  1. Um pecador que se arrepende… Um irmão fraco que mostra força em Cristo para continuar… Um irmão desviado que volta a comunhão de Jesus… Irmãos que se dedicam ao trabalho do Senhor… O zelo e a diligência de irmãos compromissados com a obra… Irmãos que amam incodicionalmente… Irmãos que não olham para os obstáculos, mas para Áquele que transpoem os obstáculos… Irmãos que nos encorajam, incentivam e admoestam na verdade… Irmãos que evangelizam e nos entusiamam com seu entusiasmo. A lista é enorme, mas infelizmente nem sempre é isto o que acontece. Em muitos casos, a igreja precisa acordar, mas parece gostar com sono espiritual. Que Deus levante verdaderamente homens e mulheres que o queiram servir piedosamente em Cristo Jesus. Deixo uma exortação:

    “Consideremo-nos também uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras. Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima. Porque, se vivermos deliberadamente em pecado, depois de termos recebido o pleno conhecimento da verdade, já não resta sacrifício pelos pecados; pelo contrário, certa expectação horrível de juízo e fogo vingador prestes a consumir os adversários” (Hb 10:24-27).

  2. Pois é… As pessoas gostam mais de resultados palpáveis. Nomeiam grandes pregadores ou grande sermões pela quantidade de pessoas que se “convertem” etc. Mas Deus continua trabalhando em todos os lugares em todos os tempos: desde o movimento inalterado dos astros até a salvação de pessoas pelas quais a sociedade não dava nada. Que Ele nos ajude a manter nossos olhos abertos para ver as suas maravilhas. Sempre!

Deixe uma resposta