Inconveniente, mas edificante

Edificar dá trabalho.

Edificar dá trabalhoTem hora que vamos incomodar as pessoas para que possamos abençoá-las. O apóstolo Paulo fez assim. Com pressa de chegar em Jerusalém, ele não quis descer e demorar na província da Ásia, mas ainda queria ter momento com os presbíteros efésios. Pede que que eles venham até ele para consultar a respeito da obra de Deus.

Paulo tinha resolvido não parar na cidade de Éfeso para não ficar muito tempo na província da Ásia. Ele estava com pressa, pois queria chegar a Jerusalém, se possível, antes do dia de Pentecostes. Em Mileto Paulo mandou chamar os presbíteros da igreja de Éfeso para se encontrarem com ele.
Atos 20.16-17 NTLH

Éfeso ficava uns 58 km de Mileto. Os presbíteros teriam de ou contornar o golfo entre as duas cidades ou atravessá-lo de barco. Significava uma viagem de dias, naquela época. Para quê? Umas horas, talvez, com o apóstolo.

A dificuldade de fazer acontecer encontros às vezes exige mais esforço e tempo do que o encontro em si. (Da mesma forma que demora mais tempo para preparar uma refeição do que o tempo de comê-la.) Mas a inconveniência vale a pena, pois ficam a edificação e os laços fortalecidos entre irmãos.

Deixe uma resposta