Jesus, motivo de arrependimento

Atos 17.30-31: A ressurreição de Cristo é prova do juízo final e da necessidade do arrependimento.

No passado Deus não levou em conta essa ignorância, mas agora ordena que todos, em todo lugar, se arrependam. Pois estabeleceu um dia em que há de julgar o mundo com justiça, por meio do homem que designou. E deu provas disso a todos, ressuscitando-o dentre os mortos. Atos 17.30-31

Antes de Cristo vir ao mundo, Deus era mais tolerante. Ele permitiu coisas, até entre o povo de Israel, que hoje não permite mais, Mateus 19.3-12. Agora, porém, na nova aliança que Deus fez em Cristo, as coisas mudaram.

Hoje, existe o mandamento de Deus para o arrependimento. Deus ordena que todos, em todo lugar, se arrependam. Não há exceção. Ninguém escapa dessa ordem.

A pregação da ressurreição de Cristo é a pregação do juízo de Deus por meio dele, com justiça. É a pregação do arrependimento da parte dos homens, sem o qual Deus não oferece salvação e vida eterna. Sem estes não há evangelho.

A ignorância do passado não serve hoje como desculpa para continuar fazendo o mal. A ignorância hoje condena. Deus julga e Jesus julgará e o Senhor nos envia para proclamar o juízo e a justiça dele, por meio do seu sacrifício na cruz, justiça esta recebida pelo arrependimento.

O arrependimento significa que deixamos de praticar o que praticamos antes. Se a conversão a Cristo é genuína, faremos as obras de Cristo e não as obras do Maligno.

Deus Pai, quero mudar minha vida para ser como Jesus. Ajuda-me a obedecer-te em tudo e a proclamar o arrependimento.

2 pensamentos em “Jesus, motivo de arrependimento”

  1. Que assim seja, que possamos buscar sempre o arrependimento. É fundamental para os verdadeiros discípulos de Jesus seguir os seus passos e para isso o arrependimento nos aproxima cada vez mais do nosso Mestre.

Deixe uma resposta