Jesus é o mesmo

Algumas frases captam nossa atenção. Uma destas ocorre no livro de Hebreus.

Depois de mostrar a superioridade de Jesus sobre a lei de Moisés, o escritor exclama:

Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e sempre. (Hebreus 13.8)

A frase aparece no final do livro e serve como testemunho final da razão por que o evangelho é superior à lei de Moisés.

Sacrifícios de animais tinham de ser repetidos; Jesus é o mesmo.

Sumo-sacerdotes tinham de ser substituídos; Jesus é o mesmo.

Templos tinham de ser reconstruídos; Jesus é o mesmo.

Sim, Jesus é para sempre, e faz valer a fidelidade em cada momento de sofrimento em seu nome.

Deixe uma resposta