Jesus observador

A oferta da viúva tem mais do que pensamos.

amor a DeusComo de costume, Jesus foi até o templo em Jerusalém para ensinar. Talvez em momento de descanso—pois todo professor tem de tomar uma água—ele ficou observando.

Jesus estava sentado perto da caixa de contribuições do templo e observava como as pessoas punham seu dinheiro nela. Muitos ricos depositavam grandes quantias.
Marcos 12.41 VFL

No evangelho de Marcos, Jesus aponta a viúva pobre como exemplo do primeiro mandamento, sobre o qual ele tinha ensinado fazia poucas horas (versos 26-31).

Ela deu dois lepton, uma moeda de pouquíssimo valor, cunhada de forma rude e com estampa quase sempre irregular. Ela só tinha dois, e deu os dois. Ela fez o que o jovem rico recusou a fazer (10.21).

A viúva faz contraste com os religiosos devoradores das “casas das viúvas” (verso 40). Ela é o rosto daquelas pessoas desprotegidas que Jesus libertava quando purificava o templo (11.15-19).

Jesus me observa também. Ele sabe, e perante o Pai comenta, se amo a Deus ou o louvor dos outros. Sabe se a religião é para mim meio de lucro ou a verdadeira busca de Deus. Sabe se estou lavrando a vinha para dar fruto ao Senhor ou se estou tramando para eu ficar com tudo (12.1-12).

Pai, o que tenho é pouco, mas ofereço ao Senhor, de quem vem todas as coisas boas desta vida, e de quem recebemos a ressurreição da vida para a eternidade. O Senhor me vê o que ninguém percebe. Amém.

Deixe uma resposta