Louco ou sensato?

Aparece a verdade e os políticos chiam.

fé racionalPessoas poderosas e ricas consideram o evangelho como loucura. Para elas, não fazem sentido os fatos, as promessas, os mandamentos e os princípios cristãos. Pois elas vivem por princípios pessoais, por recursos próprios, para fins egoístas.

Recém-chegado a Judéia para assumir o posto de governador da terra, Festo não se contém ao ouvir pela primeira vez a história de Jesus e a conversão de Paulo, tachando-o de louco.

Mas Paulo respondeu: “Não estou ficando louco, excelentíssimo Festo, mas estou falando palavras verdadeiras e sensatas”.
Atos 26.25 EP

Os meios político, educacional e científico vivem, hoje, de mentiras afirmadas como a mais pura verdade. E quando aparece a verdade, protestam os políticos, educadores e cientistas.

O evangelho não é somente verdadeiro, mas sensato. São palavras de bom senso e bom juízo. A fé de Cristo é, de todas, racional.

Irracionais são aqueles que ouvem o evangelho e viram as costas para ele, deixando de submeter-se ao Senhor Jesus.

2 pensamentos em “Louco ou sensato?”

Deixe uma resposta