Nem sempre Deus precisa fazer milagre

Atos 5.40: Deus usou uma das pessoas menos esperadas.

A pregação da Boa Nova de Cristo devia ter convencido os judeus, pois esperavam o Messias, tinham as Escrituras que falavam dele e testemunharam os milagres do Senhor. Mas não! Mataram-no e teriam feito o mesmo com os apóstolos. Os membros do Sinédrio “ficaram furiosos e queriam matá-los” Atos 5.33.

Somente não mataram porque Deus agiu. Quer ver como ele fez para salvar os Doze?

Eles [os membros do Sinédrio] foram convencidos pelo discurso de Gamaliel. Chamaram os apóstolos e mandaram açoitá-los. Depois, ordenaram-lhes que não falassem no nome de Jesus e os deixaram sair em liberdade.
Atos 5.40

Se no primeiro momento os apóstolos foram libertos da prisão por ato miraculoso, pelas mãos de um anjo (que os saduceus, v. 17, diziam não existir), agora o Senhor os liberta por meio do argumento de um dos membros do Sinédrio.

Nem sempre Deus precisa de milagre para realizar sua vontade.

Em nosso caso, Deus fará seu trabalho, sim, mas sempre nos bastidores, e às vezes por meio das pessoas menos esperadas.

Os apóstolos pregaram a Boa Nova corajosamente, obedecendo assim à ordem do Mestre. E ele os acompanhou, protegendo-os.

Não fará o mesmo conosco?

Deixe uma resposta