Que nada me separe de Deus

2 Samuel 22.22: Que a afirmação do rei Davi seja nossa.

Tenho o cuidado de viver como o Senhor quer que eu viva. Por isso, eu não fiz nada que pudesse me separar de Deus.
2 Samuel 22.22 VFL

No seu cântico de vitória, Davi celebra o livramento que o Senhor lhe deu, de Saul e de todos os seus inimigos. O Senhor lhe recompensou pela sua conduta justa, v. 21.

Davi rejeitou o mal. O mal separa de Deus. Representa uma virada contra ele. É o abandono da sua presença.

Tenho cometido pecados que me separam de Deus?

  • Tenho abandonado as reuniões da sua família?
  • Tenho negligenciado a leitura e a meditação da sua palavra?
  • Tenho me esquecido de orar?
  • Tenho deixado de falar da verdade do evangelho para todos?
  • Tenho permitido que a sensualidade, a avareza ou a desonestidade tomem conta da minha vida?
  • Tenho recusado a confiar nos cuidados do Senhor?

Ou o mal nos afastará de Deus, ou Deus nos afastará do mal.

Senhor, quero sempre andar na sua presença, nos seus caminhos. Perdoe-me as ofensas e lave-me dos pecados, para que eu possa permanecer perante o Senhor.

Um comentário em “Que nada me separe de Deus”

Deixe uma resposta