Natanael, de Caná da Galiléia

No terceiro dia houve um casamento em Caná da Galiléia.
João 2.1a

No relato de João, Jesus tinha acabado de conversar com Natanael, que se tornou seguidor do Senhor. A história da transformação de água em vinho segue imediatamente a conversa de Jesus com o cético que duvidou que alguma coisa boa podia sair de Nazaré.

Caná a CafarnaumSomente no final do evangelho é mencionado que Natanael era de Caná da Galiléia (21.2), onde ocorreu o primeiro milagre de Jesus. Caná distava uns 12-13 km de Nazaré e ele devia conhecer bem a cidade vizinha.

Duas conclusões.

Sem o uso duma concordância bíblica, dificilmente iríamos associar Natanael com o milagre na cidade de Caná (a não ser que tenhamos memória excepcional). A leitura superficial perde a riqueza espiritual que as Escrituras nos oferecem.

Segundo, pela colocação das duas histórias, é difícil não ver alguma conexão entre Natanael e o milagre na sua cidade.

No mínimo, esse homem íntegro começa a ver as “coisas maiores” que o Senhor lhe prometeu. Na sua própria cidade.

2 pensamentos em “Natanael, de Caná da Galiléia”

  1. É verdade que quando Cristo disse que já conhecia Natanael desde quando ele estava encondido debaixo da figueira, foi porque sua mãe o escondeu para não ser morto por Herodes?

Deixe uma resposta