A natureza do caminho de Cristo

João 14.6: As palavras de Jesus fazem parte duma conversa.

Disse-lhe Tomé: “Senhor, não sabemos para onde vais; como então podemos saber o caminho?” Respondeu Jesus: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim. Se vocês realmente me conhecessem, conheceriam também o meu Pai. Já agora vocês o conhecem e o têm visto. João 14.5-7

Esta famosa declaração de Jesus faz parte duma conversa com seus discípulos. Atenção ao contexto da declaração ilumina muito o seu significado.

Caminho como resposta. Com suas palavras, Jesus responde à pergunta de Tomé. O caminho não é nada, senão o saber espiritual. A resposta estava na cara de Tomé, sem ele enxergar. O mistério agora é revelado em Jesus. Ele é a Palavra que desvenda o plano de Deus para o ser humano.

Caminho como destino. Jesus começou falando sobre os aposentos na casa do seu Pai que ele ia preparar pelos discípulos. Ele ia embora, mas retornaria para buscá-los. Enquanto isso, eles deviam seguir o caminho dele, v. 4. As pessoas tomam o caminho de Jesus porque querem, acima de tudo, chegar a algum lugar—o céu.

Caminho como relacionamento. O alvo do cristão é conhecer a Deus agora e na eternidade, v. 7. O caminho para este conhecimento passa necessaria e unicamente por Jesus. Nele está tudo o que Deus tem para o ser humano; fora dele, não se encontra nada de benefício espiritual. O caminho é composto, não duma filosofia esotérica, mas, sim, dos atos de Deus na história, e na pessoa de seu Filho.

Senhor Deus, ponha-me neste caminho por toda a vida.

2 comentários em “A natureza do caminho de Cristo”

Deixe uma resposta